Mancini deixa o Inter; Últimas dos JO (João Sousa brilha)!

Frank de Boer deve ser o substituto, mas o timing desta decisão também não não abona a favor dos nerazzurri, que esperaram praticamente até ao final da pré-época para decidir algo que já parecia inevitável.

Roberto Mancini deixou o comando técnico do Inter. O ‘divórcio’ já estava a ser cozinhado há algumas semanas mas só agora de consumou. Mancini, que na época passada, apesar de ter tido reforços como Perisic, Kondogbia ou Miranda, não foi além do 4.º lugar, terá exigido mais contratações sonantes, de jogadores já experimentados, enquanto que a Suning, empresa chinesa que adquiriu o clube, pretende adoptar uma política que passa pela aquisição de elementos mais jovens, com potencial para serem craques.

Últimas dos Jogos Olímpicos:
- João Sousa conseguiu a passagem à segunda ronda do torneio de ténis. O melhor tenista português do ranking ATP bateu o holandês Robin Haase em dois sets (6-1 e 7-5);
- O canoísta José Carvalho apurou-se para as meias-finais de C1 slalom, ao obter a 11ª posição (apuravam-se 14), recuperando após uma primeira prova com erros.
- O ouro na prova de estrada feminina foi para a Holanda, através da ciclista Anna Van Der Breggen, que bateu ao sprint a sueca Johansson e a italiana Borghini.
- O Kosovo estreou-se nas medalhas, e logo com ouro. Majlinda Kelmendi é a heroína da jovem nação, vencendo a prova de judo na categoria de -52Kg. Ao fim de quatro finais, o destaque vai para o Japão, que entrou no Rio com a expectativa de limpar a má imagem de 2012, mas que até agora se ficou por quatro bronzes.
- Nos saltos para a água, primeira final, primeira vitória chinesa. A dupla Wu/Shi deixou as italianas bem longe no trampolim sincronizado a 3mt, e deu o mote para o esperado domínio total da China na modalidade.
- A primeira jornada de natação culminou na desilusão americana, que ficou em branco no que respeita a Ouros. O japonês Hagino venceu os 400 estilos, a Austrália venceu os 400 livres (Horton bateu o chinês Sun) e os 4x100 livres femininos (deixando para trás os EUA e Canadá), mas a figura foi a húngara Hosszu, que nadou sozinha até desfazer o recorde mundial dos 400 estilos, deixando a concorrência bem longe.
- No andebol masculino, destaque para a vitória do Qatar sobre a Croácia (30-23) e para a derrota da Polónia com o Brasil (32-34). A Alemanha mostrou que quer juntar o título olímpico ao europeu, ao bater a Suécia por 32-29.
- No torneio de futebol masculino, destaque para o empate da Alemanha (que em tudo para ficar em 2.º e assim defrontar Portugal nos quartos-de-final) frente à Coreia (3-3), num jogo em que Suk marcou, depois do México despachar as Ilhas Fiji por 5-1. Os alemães seguem com 2 pontos, atrás de mexicanos e coreanos (que se defrontam na última jornada), que têm 4.

Etiquetas: ,