Lindelöf garante que fica no Benfica; West Ham contrata defesa do Olympiacos; Brasil não consegue ultrapassar o Iraque, Teo Gutierrez voltou a marcar

Para continuar a titular? Uma das curiosidades desta época das águias é perceber qual é que vai ser a dupla de centrais de Rui Vitória, já que nesta fase Jardel é o único indiscutível. 

Victor Lindelöf, que tem sido apontado ao Chelsea e Juventus, garantiu no final da Supertaça que vai continuar na Luz. "É 100% certo que fico no Benfica. Estou aqui há quatro anos e adoro o clube. Estou muito feliz com este título. É o primeiro da época", afirmou o central sueco.

Com a lesão de Aaron Cresswell, que deve ficar afastado dos relvados até Dezembro, os Hammers precisavam de mais uma solução e garantem um defesa muito competente, forte a defender e que dá bastante profundidade - Arthur Masuaku, que estava no Olympiacos, é oficialmente reforço do West Ham. O lateral esquerdo francês, de 22 anos, vinculou-se ao clube de Bilic até 2019, numa transferência que terá rondado os 7 milhões de euros.

Seleção da casa, que até foi a mais beneficiada pelos clubes, ainda não conseguiu vencer, nem marcar - O Brasil voltou a não ir além do nulo, desta feita, frente ao Iraque, no 2.º jogo do Grupo A. Num encontro em que a Canarinha dominou, mas falhou em construir oportunidades de golo, destaque para as prestações negativas de Neymar (a equipa sente-se “obrigada” a jogar para o seu craque) e Renato Augusto. No outro jogo da madrugada, Japão e Colômbia dividiram pontos, numa igualdade a duas bolas. Os golos surgiram todos na segunda parte; primeiro foi Teo a abrir o marcador, um auto-golo de Fujiharu ainda colocou a vantagem da seleção sul-americana no 2-0, mas Asano (recente reforço do Arsenal) e Nakajima ofereceram o empate ao conjunto nipónico.

Etiquetas: , ,