Nuno Santos (Benfica/Vit. Setúbal) recusou ir aos JO; Instabilidade política na Turquia afasta Mario Gomez do Besiktas; Udinese garante de Paul por 3 ME

Boa (ou má) decisão? Fica a ideia de enquanto RJ for seleccionador o extremo nunca mais irá representar a selecção.

Rui Jorge revelou hoje que Nuno Santos recusou ir aos Jogos Olímpicos daí a decisão em substituí-lo por Pité. O extremo, que está no Vit. Setúbal por empréstimo do Benfica, optou continuar a sua pré-temporada no clube. "O Nuno Santos disse-me que não se sentia em condições e que preferia ficar em Portugal. Foi uma decisão pessoal. Eu não faria a mesma coisa, é um momento do qual não se abdica, mas ele é que sabe", referiu. Essa decisão pesará numa futura convocatória do jogador? "Todos os momentos são de avaliação, inclusive quanto estamos à mesa ou no autocarro. Não dou uma resposta definitiva, mas tenho uma ideia sobre isso. Esta postura é algo que vai interferir na minha decisão futura", acrescentou o seleccionador olímpico.

Foi algumas vezes associado às equipas portuguesas, e fica a ideia de que ainda pode atingir outro patamar - Rodrigo de Paul é oficialmente reforço da Udinese. O talentoso extremo argentino, de 22 anos, deixa o Valencia a troco de 3 milhões de euros (a transferência por chegar aos 5), depois de ter chegado ao clube Che em 2014. No ano e meio que esteve em Espanha actuou em 44 jogos, tendo apontado 2 golos.

Não deve ter problemas em encontrar um bom clube. Vem de uma época em que apontou 29 golos em 41 jogos e até voltou a ganhar protagonismo na selecção - Mario Gómez anunciou hoje que não vai continuar no Besiktas, clube onde esteve por empréstimo da Fiorentina, devido à instabilidade que se vive na Turquia. «A razão desta decisão é devido à situação política. Não foram razões desportivas que afetaram a minha decisão. É puramente relacionado com os terríveis eventos que aconteceram nos últimos dias. Espero que percebam isso», escreveu o avançado, internacional alemão, nas redes sociais.

Etiquetas: , ,