Benfica contrata Przemyslaw Macierzynski; Tondela apresenta Elnur Jafarov; Tozé Marreco na Académica; Dulce Félix vice-campeã europeia nos 10 mil metros

Uma aquisição que pode promover a passagem de José Gomes, que na próxima época ainda devia ser júnior de 1.º ano, já para a equipa B.

O Benfica garantiu a contratação de Przemyslaw Macierzynski, avançado polaco de apenas 17 anos, que chega à Luz proveniente do Lechia Gdansk, a título de empréstimo. O jovem, que se estreou pela equipa principal do  Lechia Gdansk, quando tinha apenas 16 anos, deve ser integrado na equipa de juniores, mas com possibilidade de representar também a equipa B.

Nos últimos anos tem estado sempre ligado a equipas que subiram de divisão - Tozé Marreco é reforço da Académica. O avançado, de 28 anos, que na época passada jogou no Royal Mouscron, da Bélgica, na primeira metade e depois no Desp. Chaves na segunda, junta-se a Rui Miguel, Traquina, Nuno Santos, José Costa, Dany Marques, Pedro Correia, Yuri e Tom nas caras novas ao serviço de Costinha.

Depois de garantida a contratação de Lystcov - O Tondela informou que chegou a acordo com Elnur Jafarov, médio natural do Azerbaijão de 19 anos, para a assinatura de um contrato válido até 2017. Elnur alinhou na última época pelo Khazar Lankaran, do Azerbaijão, país pelo qual é internacional jovem e já foi chamado à selecção AA. É o 10º reforço do clube para a época 2016-2017.

Sara Moreira, uma das principais favoritas, cedeu no último terço da prova e acabou por desistir (resta saber se aposta ou não na meia-maratona). A terceira portuguesa, Carla Salomé Rocha, terminou no 12.º posto. Primeira medalha para Portugal, e logo na primeira final da competição - Dulce Felix alcançou a prata na prova dos 10000 metros, atrás da turca (ex-queniana) Yasemin Can, e à frente da norueguesa Karoline Grovdal. A turca descolou bem cedo, e fez uma corrida praticamente a solo, com as portuguesas Sara Moreira e Dulce Felix a liderarem o pelotão perseguidor, ainda que a uma longa distância. Por volta dos 7,5 Km Dulce Felix abandonou as companheiras e tentou alcançar a atleta da Turquia, fazendo as últimas voltas também ela sozinha, mas embora tenha reduzido distâncias, nunca chegou a fazer perigar a medalha de ouro. 

Etiquetas: , ,