Despedimento coletivo na Académica para oito jogadores; Benfica coloca Victor Andrade e Hugo Neto; Gastão Elias elimina n.º 20 Mundial; J. Lukaku na Lazio

Questão complicada de gerir. A posição dos jogadores é obviamente legítima, pois têm contrato assinado e as condições são explícitas, mas para o clube também seria incomportável não reduzir drasticamente a folha salarial. 

Escândalo na Académica. O emblema de Coimbra avançou para um despedimento colectivo envolvendo oito jogadores. Em causa está a não aceitação da redução salarial proposta pelo clube, que irá disputar a segunda liga nesta temporada. Fernando Alexandre, Nii Plange, Ivanildo, Rabiola, Magique, Emídio Rafael, Obiora e João Real são os atletas visados. O Sindicato dos Jogadores, pela voz do presidente Joaquim Evangelista, já veio condenar a postura da Académica, dizendo que é "um abuso de poder e inaceitável".

Encarnados continuam a libertar excedentários, mas ainda falta Taarabat, o caso mais complicado - Hugo Neto deixou o Benfica em definitivo (as águias ficam com o direito de recompra) e assinou pelo Zimbru Chisinau, da Moldávia.  O avançado, de 19 anos, na época passada tinha sido emprestado ao Tondela. Já o TVS Munique, da II Bundesliga, oficializou hoje o empréstimo de Victor Andrade. O extremo já estava no clube alemão há quase um mês mas só hoje a cedência foi finalizada.

Uma contratação interessante para a equipa italiana, de um lateral-esquerdo em ascensão no panorama europeu - Jordan Lukaku é o mais recente reforço da Lazio. O belga, irmão de Romelu Lukaku, era cobiçado por diversos clubes (Hamburgo, Betis ou Fenerbahce) mas a equipa romana levou a melhor. Pela transferência, o Oostende vai receber 5 milhões de euros mais a possibilidade de um bónus de 1 milhão.

O ténis português vive a melhor fase de sempre e continuando assim poderemos vir a ter dois tenistas no top 50 - Fantástica vitória de Gastão Elias no ATP 250 de Umag, na Croácia. O tenista português, que há uma semana derrotou João Sousa em Bastad, venceu Pablo Cuevas, número 20 mundial, para avançar para os quartos-de-final. Foi obviamente a melhor vitória da carreira, até porque teve de salvar um match point para bater o adversário com os parciais de 3-6/6-3 e 7-6. É a segunda semana consecutiva a chegar aos quartos-de-final de um torneio ATP, depois de Bastad. Gastão Elias, de 25 anos, vai agora defrontar Pablo Carreño-Busta. 

Etiquetas: , , ,