Di Matteo no Aston Villa; Banco dos Warriors fez a diferença no jogo 1

O Championship vai contar com 2 treinadores que venceram a Liga dos Campeões num passado relativamente recente: Rafa Benítez (Newcastle) e...

Roberto Di Matteo, o novo treinador do Aston Villa. O italiano que em 2011-12 venceu a Champions depois de ter sucedido a André Villas-Boas no comando técnico do Chelsea estava sem clube desde o final da época 2014-15, depois de uma passagem pouco convincente pelo Schalke 04. Nos Villans, agora liderados por Tony Xia, multimilionário chinês que, adquiriu o clube por 130 milhões de euros, vai ter como adjunto o experiente Steve Clarke.

A dupla Thompson-Curry só marcou 20 pontos mas mesmo assim os campeões conseguiram assumir a liderança na série - Os Warriors derrotaram os Cavs por 104-89 no 1.º jogo da final da NBA. Mesmo com um MVP apagado (apenas 11 pontos) e um Thompson igualmente abaixo do que tem feito (só 9 pontos), a equipa de Golden State conseguiu contrariar os campeões do Este, para isso muito valeu os 45 pontos que vieram do banco, com Livingston, com 20, a ser o principal destaque. Quanto à partida, os Warriors conseguiram chegar ao intervalo a vencer por 52-43 mas viram os Cavs recuperar no 3.º período e inclusive assumir a liderança no marcador. No entanto uma entrada forte no 4.º período, com um parcial de 14-4, permitiu aos Warriors ter uma vantagem que foi suficiente até final. Curry marcou 11 pontos, Thompson, 9, melhor esteve Green com 16 e os suplentes Iguolada, com 12, Barbosa, com 11, e principalmente Livingston, com 20. Nos Cavs, Irving apontou 26 pontos, LeBron 23, mas Jr Smith marcou apenas 3, sendo que o banco também só contribuiu com 10.

Etiquetas: