Muguruza vence Roland Garros; Fafe na II Liga; Jardim continua no Mónaco

Passagem de testemunho? A espanhola, que já em 2014 havia batido Serena em Roland Garros, parece ser a única capaz de derrotar a norte-americana em terra batida, e aos 22 anos este sucesso pode dar um grande impulso à sua carreira.

A hispano-venezuelana Garbine Muguruza conquistou o seu primeiro Grand Slam, ao bater na final de Roland Garros a nº1 mundial Serena Williams por 7-5 e 6-4. Muguruza, de 22 anos, esteve sempre por cima no encontro, chegando à vitória de forma natural, e tornou-se na segunda espanhola a vencer o torneio francês, depois de Arantxa Sanchez Vicario, que o conquistou em 1989, 1994 e 1998. Já Serena continua sem conseguir juntar o 22.º Grand Slam ao currículo (já tinha "batido na trave" no Open da Austrália e caído nas meias-finais do US Open).

O Cova da Piedade e o Vizela, que disputarão amanhã o título do CNS, já tinham garantido a subida aos escalões profissionais - E agora foi o Fafe a assegurar a subida à II liga do futebol português, ao sair vencedor do playoff frente ao Casa Pia. Depois do 1-0 em Pina Manique (golo de penalti de Landinho), a segunda mão ficou empatada a zero, garantindo assim aos comandados de Agostinho Bento a promoção.

Apesar do descalabro que foi a época dos monegascos - Leonardo Jardim vai permanecer no cargo de treinador do Mónaco na próxima temporada, anunciou o vice-presidente do clube, Vasim Vasilyev. "Tivemos uma reunião ontem [sexta-feira], ele [Leonardo Jardim], o presidente e eu. Decidimos pela continuidade e estabilidade. Leonardo Jardim continua a merecer a nossa confiança para este projeto. Mostrou a sua ambição e que está a 200 por cento", disse Vasilyev, em declarações à agência AFP.

Etiquetas: , ,