Messi coloca Argentina na final com golaço e duas assistências; Maxwell continua no PSG; Tonny Vilhena renova pelo Feyenoord

Messi superou Batistuta como o melhor marcador de sempre da Argentina (55 golos); O Bola de Ouro, que até começou o torneio lesionado, já leva 5 golos e 4 assistências na Copa; Falta a cereja no topo do bolo que é garantir a competição, que já foge à Albiceleste desde 1993.

A Argentina carimbou a passagem para a final da Copa América Centenário ao golear os EUA, por 4-0. Messi voltou a brilhar com um golaço e duas assistências, Higuaín bisou, e a noite só não foi perfeita para Tata Martino devido às lesões de Lavezzi e Augusto Fernández, que ficam assim em dúvida para o jogo decisivo (Di María também está lesionado). Um jogo que começou de maneira perfeita para a Albiceleste, com Lavezzi, bem assistido por Messi, a inaugurar o marcador logo aos 3 minutos. Depois foi Messi, com um livre espectacular, a ampliar aos 31. No principio da 2.ª parte Higuain fez o 3-0 e a partida ficou sentenciada. Até final destaque para a lesão de Lavezzi, que caiu sobre o painel de publicidade, e para mais um golo de Higuaín, que assistido por Messi só teve de encostar.

Para continuar a ser titular? Apesar dos 34 anos e da concorrência de Kurzawa não só foi indiscutível em 2015-16 como ganhou o prémio de melhor lateral esquerdo da Ligue 1 - Desta vez Maxwell não vai acompanhar Ibrahimovic. O defesa brasileiro prolongou por mais uma época o seu contrato com o PSG, contrariando assim o que o próprio tinha dito, quando afirmou que 2015-16 seria a sua última época em França.

Foi apontado ao FC Porto e Inter - Volte-face. O jovem Tonny Vilhena afinal vai continuar no Feyenoord. O médio terminava o contrato no final deste mês mas optou por renovar até 2018, isto depois de uma fase em que o próprio clube de Roterdão já o tinha dado como perdido já que não conseguia igualar o salário que o holandês pretendia.

Etiquetas: , , ,