Real pretende comprar Morata por 30 ME para vender por 60 ME; Vit.Setúbal contrata avançado brasileiro; Ramon Diaz abandona Paraguai

Por onde passa o futuro do avançado? Esta opção dos merengues acaba por ter lógica, já que o jogador sabe que se regressar à "casa de partida" não será titular (a BBC é indiscutível), mas desta forma os campeões europeus, que há 2 anos já arrecadaram 20 Milhões com o "canterano" podem conseguir mais 30 Milhões, acabando por garantir cerca de 50 com um elemento que nunca foi titular no clube. Quanto à futura equipa de Morata, veremos que clube paga este valor, sendo certo que a boa relação que o jovem tem com Mourinho (que lhe deu os primeiros minutos no Real) pode ser decisiva.

Muito se tem especulado sobre o futuro de Morata (se fica na Juve, regressa ao Real ou ruma a outras paragens), mas de Espanha e Inglaterra surgem agora novos elementos. Assim, toda a imprensa é unânime em afirmar que o Real Madrid, sabendo do firme interesse de diversos emblemas pelo jogador, terá decidido acionar a cláusula de 30 Milhões de Euros que foi fixada aquando da transferência do avançado de Madrid para Turim, para depois vendê-lo por um valor a rondar os 60 ME. Os pretendentes mais fortes são o Chelsea e o Manchester United (segundo alguma imprensa Mourinho já ligou mesmo ao jogador para o convencer a rumar a Old Trafford), sendo que na corrida estão também o Arsenal e o PSG (que lhe oferece o maior salário entre todos estes clubes, mas Morata preferirá alinhar na PL do que na Ligue 1).

Já alinhou pelo Caxias, Atlético Haichinger, Figueirense  e Náutico - O Vitória de Setúbal anunciou a contratação do avançado brasileiro Thiago Santana. O jogador, de 23 anos e 1,85m, disse que "o meu sonho sempre foi jogar na Europa e estou muito grato aos responsáveis do Vitória por me ajudarem a realizar esse desejo. Agradeço a confiança que depositam nas minhas qualidades e prometo dar tudo dentro de campo em prol desta camisola”, referiu. 

O argentino tinha levado a equipa às meias-finais da Copa América do ano passado e nas eliminatórias para o Mundial'2018 está somente a 1 ponto do quarto lugar que permite classificação directa, mas esta Copa América desastrosa foi fatal - Ramon Diaz apresentou a sua renúncia "irreversível" ao cargo de selecionador do Paraguai. O argentino havia assumido o comando da selecção em Dezembro de 2014, mas acaba por abandonar o seu lugar após uma Copa América na qual em 3 jogos a equipa somou somente 1 ponto. 

Etiquetas: , , ,