Sunderland atira Newcastle e Norwich para o Championship; Hazard brilha em Liverpool; Benfica empata final do Andebol

Imagem: Transfermarkt
Por onde é que passa o futuro de Krul, Colback, Wijnaldum, Sissoko, Ayoze Pérez, Mbemba, Tioté, Townsend ou Mitrovic? Colectivamente não funcionaram mas a nível individual podem ser mais-valias em vários clubes de topo.

Agora é oficial! Com a vitória do Sunderland frente ao Everton, por 3-0, o Newcastle e o Norwich foram despromovidos ao Championship, juntando-se assim ao Aston Villa. E se no caso do Norwich a descida não é propriamente uma surpresa - a equipa foi desde cedo apontada como uma das principais candidatas aos lugares de despromoção, já o rebaixamento do conjunto de Rafa Benítez não deixa de ser um escândalo. Os Magpies apresentam um dos plantéis mais valiosos da PL - para o transfermarkt tem até mais valor de mercado do que o do campeão Leicester - e esta época, com as contratações de Wijnaldum, Mitrovic ou Mbemba, até ambicionavam um lugar na Europa. Agora, a dúvida é perceber se Benítez, que tem um salário estratosférico, vai orientar o Newcastle no Championship ou abandonar já o projecto.

O melhor jogador do campeonato inglês em 2014-15 termina o campeonato a bom nível, depois de uma época em que foi uma desilusão, o que é uma excelente noticia para Wilmots - Liverpool e Chelsea dividiram pontos no jogo que encerrou jornada em atraso da Premier League, depois de um empate a uma bola. A equipa da casa foi quase sempre superior, mas esteve em desvantagem mais de uma hora, depois de Eden Hazard ter feito uma obra de arte aos 32 minutos. No entanto, os comandados de Klopp carregaram no acelerador, em especial no segundo tempo, e já depois de Begovic ter evitado o golo, os suplentes utilizados fabricaram o empate. Ojo centrou, Begovic passou de herói a vilão ao não conseguir afastar a bola e Benteke só teve de encostar. Resultado que acaba por penalizar o Liverpool, que foi a equipa que mais procurou o golo, mas também inglório para Eden Hazard, de longe o melhor em campo. O belga, a fazer uma ponta final de temporada brutal, fez um jogo quase perfeito, sempre muito confortável com bola, fez o gosto ao pé com mais uma jogada a solo e ainda ofereceu o 2.º a Pedro com uma desmarcação genial, mas o espanhol acabou por rematar fraco para defesa de Mignolet.

Encarnados chegaram a ter 9 golos de vantagem - O Benfica venceu o ABC em casa por 28-25, empatando 1-1 a final do nacional de andebol. O resultado é enganador, pois os encarnados estiveram sempre na frente e com o jogo controlado. Ao intervalo venciam já por cinco, os bracarenses ainda esboçaram uma recuperação no início do segundo tempo, mas ficou claro que o esforço intenso das últimas partidas, aliado ao menor número de recursos, ia fazer pender a balança para o Benfica, que foi ampliando a diferença até obter uma confortável vantagem de 9 golos. A defesa agressiva comandada por um inspirado Hugo Figueira também fez a diferença, enquanto que o ABC acumulou falhas técnicas e más finalizações, situação potenciada pelo desespero de ver o marcador fugir.

Página do Visão de Mercado no Facebook - https://www.facebook.com/Vis%C3%A3o-de-Mercado-124571811284339/
Página do Visão de Mercado no Twitter - https://twitter.com/visaomercado

Etiquetas: ,