Renato Sanches é o português mais caro a sair da Liga e o 3.º sub-19 mais caro de sempre; Klose deixa Lazio; Ulissi vence no Giro, Dumoulin recupera rosa

Transferência estratosférica e num contexto complicado: nunca um jogador português, ainda com a idade de júnior, foi sujeito a esta pressão mediática, dos 2 lados. De um a querer fazer dele um ídolo, do outro a inventar de tudo para denegrir a sua imagem, com inveja por tudo aquilo que ele representa (demonstração da qualidade de formação das águias, capacidade para ser uma referência, etc).

Renato Sanches parecia destinado a bater recordes e cumpriu. Com a transferência por 35 ME de euros (pode chegar aos 80) para o Bayern o jovem do Benfica passa a ser jogador português mais caro a sair da Liga. O médio supera os negócios Coentrão, Pepe e Ricardo Carvalho, que proporcionaram vendas por 30 ME. A nível internacional Sanches entrou igualmente para a história ao passar a ser o 3.º sub-19 mais caro de sempre. Apenas Anthony Martial, que trocou o Mónaco pelo Manchester United por 45 milhões de euros, e Luke Shaw, que rumou a Old Trafford a partir do Southampton a troco de 40 milhões de euros, superam o médio do Benfica. Os dez sub-19 mais caros de sempre do futebol mundial:
1.º – Anthony Martial: Mónaco para o Manchester United – 45 milhões de euros
2.º – Luke Shaw: Southampton para o Manchester United – 40 milhões de euros
3.º – Renato Sanches: Benfica para o Bayern Munique – 35 milhões de euros
  – Lucas Moura: São Paulo para o Paris Saint-Germain – 35 milhões de euros
5.º – Wayne Rooney: Everton para o Manchester United – 33 milhões de euros
6.º – Javier Saviola: River Plate para o Barcelona – 32 milhões de euros
7.º – Anderson: FC Porto para o Manchester United – 30 milhões de euros
8.º – Marquinhos: Roma para o Paris Saint-Germain – 28 milhões de euros
9.º – Antonio Cassano: Bari para a Roma – 25 milhões de euros
10.º – Sergio Ramos: Sevilha para o Real Madrid – 24 milhões de euros

Tem sido apontado ao New York Red Bulls, da MLS -  Miroslav Klose vai realizar, domingo, frente à Fiorentina, o último jogo pela Lazio. O avançado, internacional, de 37 anos, termina contrato com os romanos no final da época e o clube anunciou que não vai continuar.

Os candidatos ao Top 10 mostraram-se, as excepções foram Amador e Hesjedal, que já perderam algum tempo - Diego Ulissi, da Lampre, venceu isolado a 4.ª etapa do Giro e subiu ao terceiro posto da geral. Naquele que foi o primeiro dia em solo italiano e após o dia do descanso, o líder da formação transalpina chegou com 5 segundos de avançado sobre Dumoulin (Giant) e Kruijswijk (Jumbo) 3º. Valverde, a 6 segundos do vencedor, liderou um grupo que tinha Nibali, Chaves e Zakarin. Na geral, Dumoulin é novamente o camisola rosa (Kittel cedo ficou fora da discussão da etapa), tendo menos 20 segundos que Jungels e Ulissi.

Etiquetas: , ,