Benfica garante que não vai contratar Rafa e Zivkovic; João Sousa eliminado

Quem deve ser o substituto de Gaitán? Com Cervi, Carrillo, Carcela, Guedes, Pizzi e Salvio pode nem ser necessário ir ao mercado.

O Benfica, através de comunicado, garantiu que Rafa, do Sp. Braga, e Zivkovic, do Partizan, não vão ver reforços para a próxima épocas. As águias desmentiram ainda que tenham negociado a venda do naming do Estádio por 100 ME. Comunicado do Benfica: "Quando os rumores passam a ser o critério editorial de alguns jornais e jornalistas, e a venda, ou as audiências, o único objetivo que valida a publicação desses mesmos rumores, é porque se inverteram por completo os valores que devem presidir à profissão. Não há nenhum encaixe de 100 milhões, acordado, negociado ou ‘fechado’, pelo naming do Estádio da Luz, como o Correio da Manhã hoje publica. Escrever isto é não ter a noção nem do valor em causa, nem da conjuntura económica que vivemos, nem de nada. Uma especulação fantasiosa sem o mínimo de sustentação cuja publicação lamentamos. Um erro grosseiro e desnecessário que antes de mais prejudica os leitores do jornal que se habituaram a ter no CM um jornal de referência. Mas as notícias fantasiosas e sem fundamento não se ficam por aqui. a) Não há negociações com familiares ou empresários de Zivkovic, não há nenhum contrato assinado ou por assinar com o jogador, não há nenhum compromisso até 2020. Não há rigorosamente nada! b) Apesar das muitas notícias publicadas nos últimos dias, seguramente alimentadas por alguém que tem interesse no processo, o Sport Lisboa e Benfica não está, nem esteve, a negociar Rafa com ninguém. Não há nenhum processo a fechar antes do Europeu, nem depois do Europeu. Respeitamos o jogador, a sua qualidade e o seu talento, mas não cabe nos planos do Clube para a próxima época. c) Não há nenhum fundamento em relação à possibilidade de Enzo Pérez regressar à Luz. d) Apesar das múltiplas notícias que dão conta da venda de todo o plantel do SL Benfica, apenas um jogador foi vendido. Os jornais devem fazer um esforço máximo por evitar ser instrumentalizados por quem quer utilizá-los, seja por que agente desportivo for. E, pela amostra dos últimos dias, há gente muito ativa a “plantar” notícias sem qualquer suporte ou fundamento".

Ainda não foi desta que o português chegou à 3.ª ronda -  João Sousa, 26.º cabeça de série, foi eliminado hoje na segunda ronda do torneio francês de Roland Garros, segundo 'Grand Slam' do ano, ao perder frente a Ernests Gulbis, 80.º da hierarquia, em três 'sets', pelos parciais de 6-2, 7-5 e 6-3. O letão foi sempre superior.

Etiquetas: ,