O 11 que a França deixou de fora do Europeu; Ex-Benfica sai do Watford

Imagem: L'Equipe
Ainda dava para ter no banco Areola (Villarreal), Jérémy Pied (Nice), Sébastien Corchia (Lille), Gaël Clichy (Manchester City), Adil Rami (Sevilla FC), Loïc Perrin (Saint-Etienne), Samuel Umtiti (Lyon), Francis Coquelin (Arsenal), Josuha Guilavogui (Wolfsburg), Etienne Capoue (Watford), Giannelli Imbula (Stoke), Vincent Koziello (Nice), Yoann Gourcuff (Rennes), Morgan Sanson (Montpellier), Ousmane Dembélé (Rennes), Rabiot (PSG), Thomas Lemar (Monaco), Jérémy Ménez (AC Milan), Kevin Gameiro (Sevilla FC), Lacazette (Lyon) e Loïc Rémy (Chelsea).

Como se previa a convocatória da França para o Euro'2016 está a ser mais falada pelas ausências do que pelas presenças. Neste sentido o L'Equipe fez uma recolha dos elementos mais importantes que ficaram de fora das escolhas de Deschamps para o torneio gaulês e o resultado final impressiona. Só excluindo os 23 eleitos pelo seleccionador francês dava para ter uma equipa com Ruffier, Debuchy, Sakho, Zouma, Kurzawa, Schneiderlin, Kondogbia, Fekir, Ben Arfa, Ribéry e Benzema.

Só um litígio com a direcção pode explicar esta saída. O espanhol, que até foi considerado o treinador do mês de Dezembro na Premier League, realizou uma época muito mais tranquila do que se previa, e até chegou às meias-finais da FA Cup - O Watford anunciou que Quique Flores não vai orientar a equipa na próxima época. O ex-técnico do Benfica conduziu os Hornets até ao 13.º lugar da Premier League. Walter Mazzarri, ex-treinador de Nápoles e Inter, pode ser o seu substituto.

Etiquetas: ,