Estoril: Anderson Luís, Gerso e Yohan Tavares ficam livres; Nieve vence no Giro, Amador é o novo líder; João Sousa falha final de Nice

Anderson Luís, Gerso e principalmente Yohan Tavares não devem ter problemas em arranjar clubes.

O Estoril informou que os atletas Anderson Luís, Bruno Miguel, Gerso, Yohan Tavares, Babanco, Pawel Kieszek e Frederic Mendy não vão continuar no clube na próxima época. Os 7 jogadores estão em final de contrato e não vão renovar. Anderson Luís, Yohan Tavares e Kieszek foram titulares indiscutíveis nos últimos anos nos estorilistas.

O vimaranense perdeu uma excelente oportunidade para juntar pelo menos mais uma final ao currículo - João Sousa falhou o acesso à final do Torneio ATP 250 de Nice ao ser derrotado pelo alemão Alexander Zverev (apontado como o novo prodígio do ténis mundial) por 6-4, 4-6 e 6-2. No primeiro set o português esteve consistente, à excepção de um jogo de serviço seu em que teve uma picardia com o seu adversário, vendo o seu serviço quebrado, aspecto que se tornou decisivo. No segundo set Sousa entrou mal, mas conseguiu recuperar, aproveitando o descontrolo emocional do jovem alemão (muitos erros e muita irritação). No entanto, só mesmo no final do set conseguiu o break decisivo. Na decisiva partida, o português entrou novamente da pior maneira e, embora parecesse estar melhor a nível físico, não conseguiu recuperar (teve várias oportunidades para devolver o break) e o serviço e a capacidade de aceleração de Zverev acabaram por fazer a diferença.

Sky, que mais uma vez não vai lutar pela geral, pelo menos não fica em branco; Jungels vacilou e a estrada ainda mal inclinou; Amador apesar de ser líder também não deixou boas indicações - Mikel Nieve venceu a etapa 13 do Giro, dando assim a 1.ª vitoria à Sky nesta edição. O espanhol destacou-se do enorme grupo que integrou a fuga do dia e chegou isolado à meta. Visconti fez 2.º, com Nibali a fazer 3.º, já a um minuto e 17, encabeçando o grupo onde vinham os restantes favoritos. Na geral, Jungels, que fraquejou na última subida, perdeu a rosa para Amador, que apesar de também ter demonstrado dificuldades conseguiu colar ao grupo de Nibali e Valverde na descida final. A Movistar fica assim com o 1.º (Amador) e 4.º (Valverde) na geral, Jungels é agora 2.º e Nibali já está em 3.º.

Etiquetas: , ,