Chelsea propôs mais um ano de contrato a Terry; Djokovic volta a bater Nadal

Para não ficar com a imagem de ter "mandado embora" o capitão (assim se Terry não ficar é porque rejeitou a proposta) ou devido à falta de grandes centrais no mercado que possam reforçar os blues (não esquecendo que ainda há um ano JT apresentou um rendimento muito bom)?

Em Fevereiro John Terry, que acaba esta temporada o seu contrato com o Chelsea, revelou que não estava em cima da mesa qualquer proposta de renovação, pelo que o seu ciclo no clube estaria a terminar. No entanto, os blues comunicaram hoje que apresentaram uma proposta de renovação do contrato do central por mais uma época, estando agora abertos os "canais de diálogo" entre as partes. Terry, o capitão mais laureado da história do clube, irá agora analisar os termos propostos pelo clube londrino.

7.ª vitória consecutiva do n.º 1 Mundial frente ao espanhol (tendo vencido também todos os sets) - Numa espécie de final antecipada Novak Djokovic bateu Rafa Nadal por 7/5 e 7/6 (7-4) e carimbou a passagem para as meias-finais do Masters 1000 de Roma. Num jogo espectacular (nos últimos tempos foi o encontro em que Nadal esteve mais perto de quebrar o jejum), Djokovic voltou a superiorizar-se, tendo fechado o 1.º set de uma forma espectacular. No 2.º Nadal teve 5 set points mas não aproveitou e o sérvio levou a melhor no tie-break.

Etiquetas: ,