Osvaldo despedido por ter sido apanhado a fumar; J. Mário supera Slimani e Jonas

Uma carreira marcada pelas polémicas e controvérsias de um jogador que parece que não consegue estar mais do que alguns meses numa equipa. No Boca aparentemente até poderia ter um bom contexto para voltar a render (boa relação com Tevez, apoio dos adeptos, etc) mas a sua falta de profissionalismo voltou a levar a melhor.

A segunda passagem de Pablo Osvaldo pelo Boca Juniors não correu bem. O ex-avançado do FC Porto, depois de se ter envolvido em várias polémicas, foi apanhado a fumar no balneário logo após um jogo da sua equipa com o Nacional, e acabou despedido. De acordo com a imprensa argentina, Schelotto, treinador do Boca, terá pedido a Osvaldo para apagar imediatamente o cigarro e o avançado terá de respondido de forma incorrecta, tendo suscitado uma discussão, o que motivou a sua saída dos xeneizes.

Justo? - Os sportinguistas João Mário e Podence, venceram os prémios para melhor jogador do mês de abril na I e II Liga, respetivamente. Com 18,03 por cento dos votos, João Mário bateu Slimani (11,35 por cento) e Jonas (6,31 por cento). Enquanto que na II Liga, Podence recolheu 10,60% dos votos, batendo Perdição, do Desp. Chaves (7,27%) e João Graça, do FC Porto B (6,58%).

Etiquetas: