Brahimi na mira do Milan "chinês"; Thunder surpreendem

O argelino teve um ano claramente abaixo das expectativas, mas o seu talento é inquestionável (muita técnica e capacidade de drible) e portanto é normal que continue a ser cobiçado. Veremos é quanto dinheiro é que os dragões pedem pelo seu passe depois desta desvalorização sofrida desde a época passada (a SAD pode preferir continuar com ele, convencida de que integrada num colectivo melhor facilmente renderá mais e disparará o seu valor de mercado).

O AC Milan vive um momento conturbado, não só no plano desportivo (a equipa perdeu o sexto lugar da Série A para o Sassuolo na recta final, o que a obrigará a bater a Juve na final da Taça para evitar uma terceira época consecutiva fora da Europa), mas também institucional, com o processo de venda a um grupo de investidores chineses cada vez mais perto do vendo. No meio disto, os Rossoneri vão preparando a próxima temporada, e continuam em mente com um alvo antigo: Yacine Brahimi. O Milan já tinha estado interessado no argelino no Verão passado, e o interesse parece continuar bem vivo, segundo a imprensa italiana. O FC Porto disputa este Domingo a final da taça no Jamor, e os italianos enviarão emissários para observar Brahimi, sendo que não estão sozinhos nesta corrida: também Liverpool e Wolfsburgo estarão interessados no jogador que marcou 10 golos e fez 10 assistências nesta época.

Os campeões tinham vencido os 3 duelos contra os OKC na fase regular - A final da Conferência Oeste da NBA começou com uma semi-surpresa, ou então com a confirmação do bom momento dos Thunder, que derrotaram, fora, os Golden State, por 108-102. Os Warriors até chegaram ao intervalo a vencer por 13 mas na 2.ª parte a dupla Westbrook-Durant viou o jogo e com estrondo. Depois de uma recuperação de 10 pontos no 3.º período os Thunder, que estão a revelar muita competência na defesa, conseguiram 23 pontos contra apenas 14 dos Golden State no 4.º período. Curry marcou 26 pontos e ganhou 10 ressaltos. Klay Thompson, com 25 pontos, e Green, com 23, também se destacaram, mas os Thunder equilibraram por intermédio de . Westbrook (27 pontos e 12 assistências) e Durant (26 pontos e 10 ressaltos), e voltaram a contar com um grande Adams, que depois de se ter destacado contra os Spurs, voltou a fazer a diferença com 16 pontos e 12 ressaltos.


Etiquetas: , ,