Bayern é tetracampeão (Guardiola venceu o 6.º campeonato em 7 épocas como treinador); Newcastle quase no Championship; Kittel domina no Giro

3 em 3 para Pep (e  6 em 7 ligas disputadas entre Bayern e Barça), mas faltou a cereja no topo do bolo que seria vencer a Champions, o que faz com que esta sua passagem pela Alemanha até corra o risco de não ser considerada um sucesso. Sendo que esta temporada foi, claramente, aquela em que o catalão contou com um adversário mais forte, bastando para comprovar isso referir que o Borussia (que não perdia desde Dezembro) pode acabar o campeonato com 80pts e o Bayern o ano passado foi campeão apenas com 79. Mas para a história fica um domínio sem precedentes na história do futebol germânico, o qual pode muito bem ser ampliado por Ancelotti, sobretudo se o Dortmund perder alguns dos principais jogadores.

O Bayern venceu pelo 4.º ano consecutivo a Bundesliga (26.ª vez no total). A equipa de Guardiola venceu o Ingolstadt, fora de casa, por 2-1 (bis de Lewandowski), e carimbou a conquista de mais um campeonato. A vitória nem seria necessária, já que o Dortmund foi derrotado de forma surpreendente pelo Eintracht Frankfurt, por 1-0 (golo de Aigner). O terceiro lugar também já está entregue ao Bayer Leverkusen, que hoje até foi derrotado no terreno do Borussia M'gladbach. Aranguiz, que tem sido titular neste final de temporada, marcou primeiro para os forasteiros, mas o bis de Andre Hahn permitiu a reviravolta e fechou o resultado em 2-1. O Hertha de Berlim continua em queda e já está no 6º lugar da tabela, depois de ter sido derrotado em casa pelo Darmstadt (2-1), que fica a um passo da manutenção. Com a vida muito complicada está o Estugarda, que perdeu em casa com o sensacional Mainz por 3-1 e está obrigado a vencer e a esperar uma conjugação de resultados favorável na última jornada. O Bremen, que empatou sem golos no terreno do Colónia, é a equipa que neste momento está no antepenúltimo lugar, que obriga a disputar um playoff com o 3º classificado da Bundesliga 2.

Superioridade clara do melhor sprinter do mundo - Na 2.ª etapa do Giro de Itália, Marcel Kittel, da Etixx, venceu na chegada a Nijmegen. Num sprint fácil, o alemão não deu hipótese à concorrência, tendo Demare (FDJ) feito 2º e Sacha Modolo (Lampre) 3º. Deste modo, a camisola rosa fica à distância de 1 segundo e poderá ser conquistada por Kittel na etapa de amanhã, onde se prevê nova chegada ao sprint.

Newcastle travado pelo último e à beira da despromoção; Sunderland dá a volta ao Chelsea; West Ham perde na despedida de Upton Park - À partida para esta jornada, o Newcastle tinha a vantagem teórica de defrontar o Aston Villa, já despromovido, mas o nulo no Villa Park e a vitória do Sunderland na recepção ao Chelsea colocaram a equipa de Benítez bem perto do Championship. Os Black Cats estiveram a perder por 1-0 e 2-1, com golos de Matic e Diego Costa para os blues, mas na segunda parte os golos de Borini e Defoe permitiram a reviravolta. Nos outros jogos, destaque para a má despedida do West Ham do estádio de 112 anos (vai passar para o Estádio Olímpico), sofrendo uma derrota pesada com o Swansea (4-1). O Crystal Palace venceu o Stoke por 2-1, com um bis de Gayle, e o Bournemouth e WBA empataram 1-1. 

Etiquetas: ,