«Van Gaal tratava-nos como miúdos. Até nos dizia como devíamos passar a bola»

O ex-Sporting ainda tem condições para ser figura numa liga de topo?

Nani, que em Fevereiro viu o Fenerbahçe bloquear-lhe a saída para a China, como o próprio admitiu publicamente, tem sido associado ao Everton, e o próprio admitiu, numa entrevista ao Sunday Times, que gostaria de voltar a atuar numa grande liga. "Sinto que tenho algo por acabar em Inglaterra. Gostaria de ter uma nova oportunidade num dos melhores campeonatos", disse o internacional português. O extremo, de 29 anos, falou também da sua saída do Man Utd e mostrou-se muito crítico em relação a Van Gaal, cuja chegada aos Red Devils, em 2014/15, precipitou o empréstimo ao Sporting. Nani afirma que os métodos do holandês não eram os melhores e que se sentiu tratado como um miúdo. "Quando estamos confiantes até parece que voamos. Ora, ele não me utilizou muitas vezes na pré-época e comecei a sentir que não contava comigo. Ele e o seu assistente passavam a vida a gritar com os jogadores, como se fossemos miúdos. E eu pensava: ‘Esta não é a forma correta de me tratarem, pois sou profissional, treino diariamente e nada estou a fazer de errado.’ ‘Tens que passar a bola assim, vá lá’!, dizia-me ele. Era uma maluquice! Assim, é difícil jogar futebol. Para mim o futebol é instinto, não isto", referiu. Hoje em dia, vemos o Manchester United jogar e o que vemos... não é o Manchester. A personalidade, a mentalidade e a estrutura são diferentes. Antes, existiam grandes nomes no clube, jogadores experientes que representavam muitos anos de United. Agora, é tudo novo!,"rematou.

Etiquetas: