Querem que Funes Mori fique parado até Origi regressar; União poupa 3 titulares para o duelo com o Sporting; McCollum vence MIP (Curry ficou em 4.º)

O belga estava num super-momento (5 golos nos últimos 5 jogos), finalmente a exibir a qualidade que tinha demonstrado em 2013-14, e até tinha tudo para ser titular no Euro'2016, mesmo com a concorrência de Lukaku. 

É o assunto do momento em Inglaterra. Funes Mori lesionou Origi no último Liverpool-Everton, e está "debaixo de fogo". É que além de ter lesionado o adversário, tendo visto o vermelho nesse lance, ainda saiu de campo a bater no símbolo do clube, como se fosse uma espécie de triunfo. Agora todos pedem que seja severamente punido, sendo que os pedidos vão desde a não poder jogar enquanto Origi estiver parado até que seja preso, como defendeu John Aldridge, uma das lendas dos Reds. Para já o argentino, que já pediu desculpa pelo lance, foi suspenso por 3 jogos. Quanto a Origi, hoje Klopp adiantou que ainda espera que o belga esteja apto no final de Maio. 

Faz sentido? Não é caso único esta época (o Moreirense também forçou o castigo a Rafael Martins antes do encontro com o FC Porto) - Como já tinha adiantado Norton de Matos não convocou Paulinho, Gian e Élio Martins, três elementos que foram titulares no último jogo, para o duelo com o Sporting. Os 2 primeiros estão em risco de exclusão devido à acumulação de cartões amarelos e são assim poupados a uma possível suspensão, já o avançado estava em dúvida. Também Shehu (por castigo) e Cádiz (já recuperado de lesão mas também em risco de ser suspenso) ficaram de fora, bem como Toni Silva, que estava em dúvida. 

Esperado. Apesar deste prémio ser tão subjectivo que até dá para Curry, Westbrook e Leonard terem votos (seria preferível apertarem os critérios, de maneira a nomearem só jogadores de que do nada aumentaram muito o nível) - CJ McCollum foi eleito o MIP da época 2015-16 da NBA, prémio atribuído ao jogador que mais evoluiu. O SG dos Portland Trail Blazers recolheu 559 pontos tendo batido por larga margem Kemba Walker (116), dos Charlotte Hornets, e Giannis Antetokounmpo (99), dos Milwaukee Bucks. O MVP Stephen Curry, ficou em 4.º com 83 votos. Draymond Green, Leonard, Whiteside, Drummond, Westbrook e até Lowry também tiveram votos.


Etiquetas: , ,