Tony Djim renova pelo FC Porto até 2020; Chidozie, Shehu e Oghenekaro na selecção da Nigéria; Warriors nas meias-finais, Hornets e Blazers mais perto

Tem sido indiscutível nos Juniores mas curiosamente esta época ainda não jogou na B, ao contrário de por exemplo Rui Pedro e Idrisa Sambú, que, apesar de serem mais novos, já somaram alguns minutos no líder da II Liga.

Tony Djim renovou até 2020 o contrato que o liga ao FC Porto, tendo sido acordada uma cláusula de rescisão no valor de 30 milhões de euros. Nesta temporada, o avançado belga, de 19 anos, participou em 25 jogos disputados pela equipa orientada por António Folha, divididos entre Campeonato Nacional de Juniores A (22) e UEFA Youth League (3). Até ao momento, Tony Djim tem um total de oito golos apontados em 2015/16.

Campeões nem precisaram de Curry para eliminar Harden; Blazers e Hornets podem fechar a série em casa - Os Golden State Warriors bateram por 114-81 os Houston Rockets no jogo 5 e carimbaram a passagem às meias-finais da Conferência. Foi mais um jogo onde a superioridade dos campeões ficou patente, com Klay Thompson a liderar com 27pt. De nada valeram os 35pt de Harden (mais nenhum do 5 titular chegou à dezena) e os 22 ressaltos ofensivos (11 dos quais de Howard, que no entanto apenas fez 8pt); O adversário mais provável será Portland, que foi roubar o quinto jogo a LA, tomando a liderança da série com 3-2. Os Blazers venceram por 108-98, fazendo a diferença no último período, no qual Lillard apontou 16 dos seus 22pt. McCollum contribuiu com 27pt, Harkless e Plumlee obtiveram duplos-duplos, enquanto que os Clippers tiveram seis jogadores na casa das dezenas, mas sentiram (e sentirão) as ausências de Paul e Griffin; Bem encaminhados estão também os Hornets, depois de vencerem em Miami por 90-88. Marvin Williams foi o mais produtivo com 17pt, mas o herói acabou por ser Courtney Lee (que momentos antes falhara um cesto fácil), que concretizou o triplo que virou o marcador. Miami foi incapaz de aproveitar o tempo que restava para marcar, e assim desloca-se a Charlotte à beira da eliminação.

Uma selecção recheada de jovens muito promissores - Chidozie, central do FC Porto, que apareceu na equipa principal pela mão de José Peseiro, é uma das grandes novidades da lista da seleção da Nigéria para os compromissos frente a Mali (em França) e Luxemburgo, a 27 de maio e 1 de junho, respetivamente. O jovem, que tem ainda a idade de júnior faz a sua estreia nas escolhas de Salisu Yusuf. Shehu, do União da Madeira, e Etebo Oghenekaro, do Feirense, também fazem parte da lista. ConvocatóriaGuarda-redes: Karl Ikeme (Wolverhampton Wanderers); Daniel Akpeyi (Chippa United, South Africa); Ikechukwu Ezenwa (Sunshine Stars); Defesas: Abdullahi Shehu (União da Madeira); Musa Muhammed (Istanbul Basaksehir); Elderson Echiejile (AS Monaco); Kingsley Madu (AS Trencin); Kenneth Omeruo (Kasimpasa SK); Leon Balogun (Mainz 05); Gbenga Arokoyo (Gaziantepspor); William Troost Ekong (Haugesund FC); Chidozie Awaziem (FC Porto); Médios: Ogenyi Onazi (SS Lazio); John Mikel Obi (Chelsea FC); Kelechi Iheanacho (Manchester City); Wilfred Ndidi (KRC Genk); Raheem Lawal (Osmanlispor FK); Etebo Oghenekaro (Feirense); Avançados: Ahmed Musa (CSKA Moscovo); Moses Simon (KAA Gent); Victor Moses (West Ham United); Odion Ighalo (Watford FC); Alex Iwobi (Arsenal FC); Aminu Umar (Osmanlispor FK); Aaron Samuel (CSKA Moscovo); Brown Ideye (Olympiakos FC).


Etiquetas: ,