O melhor 11 em Portugal (excluindo jogadores de Braga, Benfica, Sporting e FC Porto)

Depois de anos a pescar quase em exclusivo em território internacional, Sporting e FC Porto seguiram o exemplo do Sp. Braga e viraram-se para o mercado interno. Sendo que no último defeso alguns dos melhores reforços portistas, como Danilo ou André André, chegaram ao Dragão provenientes de equipas do nosso campeonato. Já antes o Sporting, até para conseguir reforços com salários mais em conta, tinha mudado a estratégia e com algum sucesso, considerando o impacto de elementos como Jefferson ou Paulo Oliveira. Também o Benfica, embora de maneira mais pontual, beneficiou de aquisições internas, tendo em Jardel a principal referência neste capítulo. Mas tem sido o Sp. Braga o principal impulsionador desta política, e os resultados estão à vista, com o conjunto de Fonseca a dar cartas na Europa e ainda a discutir as duas Taças Internas. Neste sentido, e como o campeonato não termina no Sporting, Benfica, FC Porto e Braga, os colaboradores do VM, seguindo somente o seu critério, indicam aquele que consideram ser o melhor 11 em Portugal, excluindo elementos ligados contratualmente às equipas do Top 4.



Algumas notas:
- Diogo Jota (Paços de Ferreira) e Léo Bonatini (Estoril) são os elementos mais consensuais;
- Na baliza, Salin (Marítimo) foi o mais escolhido. Com André Moreira (União) e Bracalli (Arouca) a dividirem o 2.º lugar;
- No lado direito da defesa, Anderson Luís recolheu a preferência dos colaboradores, sendo seguido de Bruno Gaspar (Vitória), João Góis (Paços), João Aurélio (Nacional) e Lionn (Rio Ave).
- Marcelo (Rio Ave) por sua vez teve a maioria dos votos na posição de central, sendo que Josué (Vitória) foi o 2.º mais votado. Ricardo (Paços), Yohan Tavares (Estoril), Hugo Basto (Arouca), Roderick (Rio Ave), Diego Carlos (Estoril), Rui Correia (Nacional), Paulo Vinícius (Boavista) e Marco Baixinho (Paços) também foram escolhidos;
- Na esquerda, Hélder Lopes (Paços) foi o mais nomeado, seguido de Edimar (Rio Ave), Lucas Lima (Arouca) e Afonso Figueiredo (Boavista);
- No meio campo, Cafú (Vitória) foi quase unânime, com Carlos Martins (Belenenses) e Rúben Ribeiro (Boavista) a completarem o trio. Bakic (Belenenses), Mattheus (Estoril), Wakaso (Rio Ave) e Ghazal (Nacional) também foram seleccionados.
- Na frente, além de Diogo Jota e Bonatini, foi Rafael Martins (Moreirense) a recolher a preferência. Bruno Moreira (Paços), Sturgeon (Belenenses), Amilton (União) e Agra (Nacional) também tiveram votos.

Melhor 11:
Salin, Anderson Luís, Marcelo, Josué, Hélder Lopes, Cafú, Carlos Martins, Rúben Ribeiro, Diogo Jota, Rafael Martins e Léo Bonatini

Etiquetas: