O melhor 11 do Ano na Premier League; Conor McGregor afinal não abandonou

Justo? Drinkwater e Ozil (que até está entre os 6 candidatos a jogador do Ano) são os principais ausentes, mas a concorrência no meio campo era muito forte. Na defesa Bellerín beneficiou da falta de qualidade neste sector (nesta fase é a posição menos apetrechada na PL).

Tottenham e Leicester, com 4 jogadores cada, são as equipas mais representadas no onze ideal do ano da Premier League eleito pela PFA, a associação sindical de jogadores. Os Spurs emprestam os defesas Alderweireld e Rose, o médio Alli e o avançado Kane, enquanto que o líder da Premier League cede Morgan, Kanté, Mahrez e Vardy. De Gea (do Man Utd), Bellerín (Arsenal) e Payet (West Ham) completam o Dream Team.

Não quer perder tempo a promover os eventos - Conor McGregor, campeão de peso pena do UFC esclareceu que não está retirado, contrariando o rumor que o próprio criou. O irlandês quer dedicar-se mais à preparação das lutas, e menos à promoção, que inclui entrevistas e participações em programas em diferentes partes do mundo. McGregor, todavia, está disponível para lutar contra Nate Díaz no evento: «Estou preparado para o UFC 200, não estou retirado!», assegurou o campeão. «Perdi-me no meio de tanta promoção e esqueci-me da arte de lutar. Às vezes chega uma altura em que temos de deixar de entregar panfletos e voltar ao ginásio. 50 voltas ao mundo, 200 conferências de imprensa, um milhão de entrevistas, dois milhões de sessões fotográficas. Penso em tudo exceto na preparação correta de uma luta. São várias distrações», referiu McGregor, em comunicado.

Etiquetas: ,