Djokovic passa a ser o mais rico na história do Ténis; Mönchengladbach atropela Hertha; Martial garante triunfo; Márquez vence na Argentina e sobe à liderança

Quem vai travar a hegemonia do melhor do Mundo?

Novak Djokovic continua a demonstrar que é um dos 3 melhores de sempre e ao arrecadar o Masters 1000 de Miami (foi a 6.ª vez que o conseguiu), com a vitória frente a Kei Nishikori por 6/3 e 6/3, bateu mais 2 recordes: o sérvio é agora o tenista com mais Masters na história (28), tendo desempatado com Nadal (27) e é também o que mais dinheiro arrecadou na história do ténis, ao todo o n.º 1 Mundial já acumulou 98,2 milhões de dólares mais 300 mil dólares que Roger Federer, o antigo recordista. Djokovic também somou a vitória número 714 na carreira, o que lhe permitiu ultrapassar Boris Becker, o seu actual treinador (mesmo assim ainda está longe dos 1257 triunfos de Jimmy Connors).

A luta pelo 3.º lugar está ao rubro, com Hertha (48), Mönchengladbach (45), Leverkusen (45), Mainz (44) e Schalke (44) separados apenas por 4 pontos - O Borussia Mönchengladbach despachou em casa o atual 3.º classificado da Bundesliga, Hertha de Berlim, por 5-0 e juntou-se ao Leverkusen no 4.º lugar, a 3 pontos do último lugar do pódio. Hazard (o irmão) foi o homem do jogo com um bis, enquanto que Hahn, Herrmann e Ibrahima Traoré apontaram os outros golos. Destaque ainda para Dahoud, médio de apenas 20 anos, que fez mais duas assistências. No outro jogo do dia, o aflito Hoffeinheim empatou a uma bola com o Colónia e saiu da zona de despromoção. Zoller ainda adiantou os forasteiros, mas Volland (em subida de forma) igualou já nos descontos.

Em Moto2, o português Miguel Oliveira (Kalex) foi 21.º na corrida vencida pelo francês Johann Zarco (Kalex), em 40.57,806 minutos - Marc Márquez (Honda) assumiu a liderança do Mundial de MotoGP, ao vencer o Grande Prémio da Argentina. O campeão do mundo em 2013 e 2014 ficou à frente de Valentino Rossi (Yamaha), que beneficiou da queda dos compatriotas Andrea Dovizioso e Andrea Iannone, ambos da Ducati, na última das 20 voltas ao circuito de Termas de Rio Hondo. Dani Pedrosa completou o pódio. Já Jorge Lorenzo (Yamaha), atual detentor do título, abandonou a corrida durante a quinta volta.

Fosu-Mensah (ainda júnior de 1.º ano), que rendeu Rojo ao intervalo, foi o herói do jogo ao assistir para a vitória - O Man Utd venceu o Everton por 1-0 e recuperou o 5.º posto da Premier League, aproveitando o empate do West Ham. O único tento do jogo foi apontado por Martial, que aproveitou uma boa jogada colectiva para manter os Red Devils na luta pelo top 4.

Etiquetas: , ,