O contrato de milhões entre Neymar o Barça; Warriors igualam Bulls

Vale todo este dinheiro?

Neymar é a mais recente 'vítima' do Football Leaks. O site apresentou o contrato milionário do brasileiro com o Barcelona, onde se pode verificar que o avançado recebeu um prémio de assinatura de 8,5 milhões de euros e tem um salário bruto de €5 milhões por época em Camp Nou, acrescido de (muitos) bónus. Por exemplo, caso não falhe nenhuma convocatória do Barça, irá amealhar mais 100 mil euros por época, caso jogue 60 por cento dos jogos do Barça receberá uma compensação de 1.062.500 euros. Sempre que o emblema espanhol se qualificar diretamente para a Liga dos Campeões, o futebolista receberá 637,5 mil euros e se passar a fase de grupos, Neymar vê a sua conta engordar com mais 435 mil euros. Caso se sagre campeão, cairão mais 637,5 mil euros na sua conta aos quais se juntam mais 850 mil euros caso erga a Taça do Rei. E, se vencer a liga milionária, irá arrecadar mais 850 mil euros. Além disso, ainda irá receber mais 1.062.500 euros por estes dois títulos pela Liga e pela Champions. Para isso, Neymar terá de disputar pelo menos 60 por cento dos encontros de qualquer uma destas competições. Mas o brasileiro nem precisa de se esforçar muito, já que se até 2018 não atingir 45,9 milhões de euros por via dos prémios, o está Barcelona obrigado a pagar a diferença. Outra das cláusulas do contrato prevê que o jogador brasileiro aprenda a falar catalão e se esforce por integrar e respeitar a sociedade local.

Uma nova Era na NBA? - Stephen Curry com uma exibição memorável eternizou o nome dos Warriors. Os campeões da NBA foram ao AT&T Center derrotar os invictos Spurs por 92-86 e igualaram o inédito feito das 72 vitórias dos Bulls de Jordan de 1995-96, sendo que até o podem superar caso derrotem os Grizzlies na última jornada (o que não deve ser dificil já que o conjunto de Memphis já está em modo poupança para os playoffs). O duelo foi quase sempre equilibrado, tendo ido mesmo empatado para o intervalo (35-35), mas Curry fez questão de o resolver com um 2.ª parte espectacular (apontou 16 pontos no 3.º período), que lhe permitiu terminar o encontro com 37 pontos. Do lado dos Spurs, que assim perderam a oportunidade de terminar a época sem derrotas, Aldridge contribuiu com 24 pontos, Leonard apontou 20, mas os restantes estiveram muito aquém, Parker só conseguiu 4 pontos e Green 2. Curiosamente este feito acontece num dia em que os Bulls, fruto da vitória dos Pacers, ficaram em definitivo fora dos playoffs.

Etiquetas: ,