"Ibrahimovic? A Série A era um campeonato de chegadas, agora é de trânsito"; Warriors surpreendidos pelos Celtics; Mónaco perde no regresso de Coentrão

Concorda? O campeonato italiano parece ter perdido a capacidade de atrair os melhores jogadores do Mundo.

Zlatan Ibrahimovic tem sido associado a praticamente todos os clubes de topo mas o seu futuro dificilmente vai passar por um regresso ao AC Milan. Numa entrevista ao Il Corriere della Sera o dirigente dos rossoneri, Adriano Galiani, descartou a aquisição do sueco, que está em final de contrato com o PSG, devido ao seu ordenado. "Ibrahimovic tem um salário que não é compatível com a nossa realidade. Já foi tempo em que a Série A conseguia suportar isso, agora passou de um campeonato de chegadas para ser apenas uma espécie de trânsito", disse o responsável pelo futebol do Milan.

Os campeões da NBA não perdiam em casa desde Janeiro de 2015 - Ponto final na invencibilidade caseira dos Warriors. A equipa de Curry, que vinha de uma série de 54 vitórias consecutivas em casa (36 esta época), foi derrotada pelos Celtics, por 109-106, deixando assim os Spurs com o rótulo de único conjunto que não perdeu esta temporada no seu pavilhão. Isaiah Thomas (22 pontos), Turner (21) e Sullinger (20) destacaram-se, já no conjunto de Golden State o MVP, Stephen Curry, teve uma 1.ª parte para esquecer (vários turnorvers) ainda deu um ar da sua graça na 2.ª parte (terminou com 29 pontos) mas não conseguiu evitar a derrota. Na luta pelos playoffs, Dallas subiu ao 7.º lugar no OESTE ao vencer em Detroit (98-89), resultado que por outro lado deixa os Pistons (ainda sétimos no ESTE) mais próximos de Bulls e Wizards (que venceram em Phoenix).

Ricardo Carvalho e Bernardo Silva foram titulares, Coentrão (que não jogava há 2 meses) entrou na 2.ª parte - O Mónaco perdeu com o Bordéus (1-2), em casa, e, apesar de se manter no segundo lugar, pode ver o Nice (a 5 pontos) e Lyon (a 6) aproximarem-se. Touré e Ounas deram vantagem aos visitantes, mas já em período de compensação da segunda metade, Guilbert, com um golo na própria baliza, fixou o resultado final. A partida terminou de maneira polémica, com Love a falhar um penalti ainda com 0-2, o brasileiro ainda marcou na recarga mas o árbitro invalidou o lance devido a uma violação da área de penalti, por parte de Ricardo Carvalho, mais um adiantamento do guarda-redes aquando da marcação, algo que já motivou um protesto do clube de Jardim, que considera que neste caso o penalti devia ter sido repetido.

Etiquetas: ,