Hummels (que nem dorme) pode regressar ao Bayern; Alexis mete Arsenal no pódio

O alemão é um central único no mundo, uma espécie de número 10 a jogar na defesa, com enorme técnica, capacidade de passe e visão de jogo, mas praticamente não há jogo em que não comprometa na defesa. Ainda assim, é um jogador de topo e é natural que deseje lutar permanentemente por todos os títulos, algo que, ficando na Alemanha, só será possível no Bayern. Veremos que desfecho terá esta situação, sendo certo que não só na Baviera o campeão do mundo será desejado, já que quer a Premier League (equipas como o Chelsea ou o United pretendem um central, e mesmo Guardiola poderá tentar levar o jogador para o City) quer mesmo o Barça (que já segue o central há muito tempo) não estarão indiferentes.

Nem dorme. Hummels termina contrato com o Dortmund em 2017 e neste momento está num dilema. O central, em declarações à Sky Alemanha, admitiu que ainda não sabe o que fazer em relação ao futuro, e confessou até que tem dificuldades a dormir por causa disso. «Tem-me tirado pelo menos hora e meia extra para adormecer já há algumas semanas, porque é um assunto muito importante para mim», afirmou o internacional alemão. Neste sentido, e já que o Dortmund fez saber que não vai arriscar ficar com o defesa só com um ano de contrato, o pai de Hummels revelou que o futuro do jogador até pode passar por um regresso ao Bayern, clube onde se formou.  "O Dortmund está outra vez entre as melhores equipas, pelo que a decisão não vai ser fácil. Mas, se deixar o Dortmund, será para uma das cinco ou seis melhores equipas da Europa e entre elas está, naturalmente, o Bayern", admitiu Hermann Hummels.

O chileno está a terminar a época em grande (6 golos e 3 assistências nos últimos 8 jogos); Wenger ganha alguma margem numa fase em que está a ser muito criticado pelos adeptos (não lhe perdoam ter perdido um campeonato num ano em que City, Chelsea, Liverpool e Man Utd não estiveram na luta) - O Arsenal recebeu e bateu o West Brom, no Emirates, por 2-0 e recuperou o 3.º lugar da Premier League. Os dois golos do encontro foram marcados por Alexis Sánchez, ele que tem estado em destaque em Abril, como mostram os 5 golos nos últimos 4 jogos. Para além do chileno, também Ramsey e Özil rubricaram boas exibições. Com esta vitória o Arsenal tem agora mais 2 pontos que o City e 4 que o Man Utd.

Etiquetas: ,