Digam o que disserem, Neymar vê mais cartões que eu»; Vardy falha jogo no Teatro dos sonhos; CP3 lesiona-se; Thunder nas meias

O defesa internacional português continua a ter uma "fama" injustificada"? É inegável que no passado protagonizou episódios menos dignos, mas nos 3/4 anos melhorou imenso nesse aspecto.

Num entrevista à revista de futebol Surface, Pepe  foi questionado sobre a dureza da sua forma de jogar futebol, e na resposta aproveitou para fazer uma comparação com um jogador do eterno rival do Real Madrid: "digam o que disserem, Neymar vê mais cartões que eu", facto que é inegável, já que o avançado do Barcelona já viu 9 amarelos e o central 5. Para além disto, Pepe acrescenta que "o Real Madrid é um clube exemplar. Se não estivesse meio "louco", no bom sentido, jamais teria tido a possibilidade de representar este clube durante tanto tempo", finalizou.

Clippers foram do céu (possibilidade de defrontarem uns Warriors sem Curry) ao inferno no espaço de um dia (sem CP3 até podem ter dificuldades em passar os Trail Blazers - Oklahoma voltou a vencer Dallas, por 118-104, fechando a série com 4-1. Os Thunder nunca estiveram em desvantagem, e contaram com Westbrook (36pt, 12rb, 9ast) e Durant (33pt) em grande, de nada valendo os 24pt de Nowitzki; Charlotte, por sua vez, bateu Miami por 89-85 e fez o 2-2 na eliminatória. Kemba Walker fez a diferença com 34pt, e voltou a ver-se Linsanity (21pt) a saltar do banco. Quem também deu precioso contributo foi Courtney Lee, que defendeu Wade (apenas 12pt). Miami ainda chegou a estar a perder por 1 a meio do último período, mas a partir daí só deu Walker; Já Portland recebeu e venceu os LA Clippers no jogo 4 (98-84), empatando a série. Mas o pior para os californianos nem foi a derrota, mas sim a lesão de Chris Paul. O base abandonou a partida no terceiro período, com uma fractura na mão direita. Embora esteja sujeito a avaliação, o mais provável é não regressar tão cedo. Blake Griffin também saiu mais cedo por lesão, estando em dúvida para a próxima partida. Aminu foi o herói do jogo, com 30pt (6-10 3pt), numa partida equilibrada até à saída de Paul.

Ulloa tem dado uma excelente resposta (3 golos desde que Vardy foi expulso), mas a ausência do melhor marcador dos Foxes é sempre uma baixa de peso, sobretudo pela sua velocidade e capacidade para criar perigo nas costas da defesa adversária - Jamie Vardy foi castigado com mais um jogo de suspensão pela Federação Inglesa por "conduta inapropriada". O avançado falhará assim o crucial jogo em Old Trafford, frente ao Manchester United, que, em caso de vitória, dará o título da Premier League ao conjunto de Ranieri. Depois de ter visto o vermelho frente ao West Ham, Vardy falhou o desafio frente ao Swansea, e só voltará aos relvados nas duas últimas jornadas da Pl, contra o Everton e o Chelsea.

Etiquetas: , ,