«Os jogadores portugueses são caros»; Kobe marca 60 pontos na despedida; Warriors batem recorde dos Bulls (Curry acabou a época com 402 triplos)

Concorda?

No final da partida frente ao Benfica, Guardiola deixou elogios a vários jogadores das águias, mas quando questionado sobre se está a pensar em investir em algum no próximo ano, o futuro timoneiro do Man City teve uma resposta «politicamente correta»: «Os jogadores do futebol português são muito caros. Há vários anos, desde o Figo - um grande amigo - que tem grandes jogadores, mas é um mercado caro», disse o treinador do Bayern, aproveitando para elogiar os extremos "Pizzi e Gonçalo Guedes", e ainda "Renato Sanches e Semedo".

Épico!

Que noite incrível na NBA. Kobe Bryant teve uma despedida de sonho ao marcar 60 pontos (22 lançamentos concretizados em 50) na vitória dos Lakers frente aos Utah, 101-96. O SG-SF, de 37 anos, 3.º melhor marcador na história da modalidade, com esta marca despediu-se com vários recordes: jogador com mais pontos num jogo esta época, jogador mais velho a chegar aos 60 pontos e a nível pessoal foi a 1.ª vez que lançou 50 vezes numa partida (a anterior marca estava nos 47, e já em 2002). Mas a noite não foi apenas memorável em LA, também em Oakland se fez história com os Warriors a conseguirem o melhor registo de sempre numa fase regular (73-9) ao derrotarem os Memphis Grizzlies, por 125-104. Os campeões com estas 73 vitórias e nove derrotas superam a marca (72v-10d) que pertencia aos Chicago Bulls, de Michael Jordan, desde 1996. E ainda deu para Curry bater mais um recorde, com o PG, que marcou 46 pontos, a tornar-se no primeiro jogador a concretizar mais de 400 lançamentos de três pontos numa só época (402 no total, sendo que o anterior recorde até lhe pertencia, mas estava apenas nos 286).

Etiquetas: