Leicester com uma mão no título; Éder bisa e assiste na vitória do Lille; Sagan conquista Volta à Flandres

Imagem: Daily Mail
O maior feito do futebol moderno está cada vez mais perto de se concretizar. Faltam "apenas" quatro vitórias (isto se os Spurs cumprirem), e os 7 pontos de vantagem nesta altura dão uma margem de segurança muito confortável.

Falta pouco. O Leicester bateu o Southampton, por 1-0, aproveitando assim o empate do Tottenham para aumentar ainda mais a liderança da Premier League (mais 7 pontos que os Spurs quando faltam apenas 6 jornadas). O único golo foi marcado pelo central Morgan, de cabeça, ainda na primeira parte. Este jogo define aquilo que tem sido a temporada do conjunto de Ranieri. Mesmo sem dominar, os foxes souberam ser pragmáticos, utilizando as armas que têm, e conseguem manter-se igualmente confortáveis quando são obrigados a jogar um pouco mais recuados. Schmeichel foi importante, com várias defesas cruciais, mas Forster também impediu que o Leicester aumentasse a vantagem. Cédric, titular nos saints, fez um jogo competente.

A pressão que o jogador tem na selecção pode explicar as diferenças de rendimento para o clube, embora o contexto (Portugal não é o Lille) seja naturalmente mais exigente - Depois de um péssimo jogo frente à Bélgica, Éder "vingou-se" e bisou (o primeiro foi um golaço) frente ao Nantes na vitória do Lille por 3-0. O avançado português também assistiu para o golo de Sunzu, tendo sido claramente o homem do jogo.

Recital do campeão do Mundo, que finalmente conquista um momumento e demonstra que tem tudo para ser um dos melhores de sempre - Peter Sagan venceu a edição 100 da Volta à Flandres. O eslovaco chegou isolado, naquela que foi a sua 1.ª vitória num Monumento, tendo Cancellara (que deu muito espaço ao Hulk e mesmo com a grande recuperação já não foi a tempo de o alcançar) feito 2.º. Vanmarcke, que tinha acompanhado Sagan até ao Patterberg, fase em que o eslovaco disparou, completou o pódio. Kristoff foi 4.º e Rowe 5.º, numa prova que ficou marcada pelos abandonos de Demare, Benoot e Van Avermaet, que devido a quedas ficaram fora da luta. 

Etiquetas: , , ,