Aston Villa despede Garde; Alemanha goleia Itália; Inglaterra surpreendida em casa; Islândia vence; Austria perde; Payet e N'Golo Kanté marcam pela França

Os Villans foram acumulando más decisões ao longo da época, desde à abordagem ao mercado, continuidade de Sherwood e aposta em Garde (ainda por cima Nigel Pearson estava disponível), e estão condenados.

Remi Garde, que durante vários anos foi apontado como um possível sucessor de Wenger no Arsenal, já não é o treinador do Aston Villa. O francês, que assumiu o comando técnico do último classificado da Premier League em Novembro, não resistiu aos maus resultados (apenas duas vitórias), e foi despedido. Nigel Pearson, David Moyes e Sean Dyche estão a ser apontados ao lugar.

Alemanha reage; Inglaterra desce à terra; França com soluções para tudo - Islândia e Áustria, adversários de Portugal no Euro 2016, tiveram sortes diferentes nos jogos de preparação realizados nesta terça-feira. Os islandeses, que tinham perdido quinta-feira na Dinamarca, foram à Grécia vencer por 3-2 num jogo em que aos 30 minutos estavam a perder por 2-0, enquanto a Áustria viu interrompida um bom ciclo de resultados ao ser derrotada em casa pela Turquia (1-2). Zlatko Junuzovic colocou a equipa da casa na frente do marcador mas Hakan Calhanoglu e Arda Turan consumaram a reviravolta. No que diz respeito aos principais candidatos ao título, a Alemanha goleou a Itália, por 4-1. Kroos, Götze, Jonas Hector e Özil marcaram para os da casa, tendo El Shaarawy, com um tiraço, diminuído a diferença no marcador; Já a Inglaterra, depois de ter ganho moral com a vitória frente à campeã do Mundo, foi surpreendida, em casa, por uma renovada Holanda (1-2). Vardy, numa grande jogada colectiva, ainda colocou os ingleses em vantagem, mas a Laranja Mecânica deu a volta com golos de Vincent Janssen e Luciano Narsingh; Por último a França, que apresentou Lloris; Sagna, Varane, Sakho, Evra; Diarra; Kanté, Pogba; Griezmann, Gignac e Martial no 11 (deu para ter Koscielny, Matuidi, Payet, Sissoko, Coman e Giroud no banco; Valbuena, Benzema e Ribery em casa), bateu a Rússia, por 4-2. Os golos dos gauleses foram apontados por N'Golo Kante (que marcou na estreia a titular), Gignac, Payet e Coman, enquanto Kokorin e Zhirkov marcaram para os visitantes.

Etiquetas: