João Mário eleito o melhor jovem de Fevereiro; Pepa despedido; Adam Johnson condenado a 6 anos de prisão; De Gendt vence na Catalunha

Nas últimas semanas tem sido associado a vários clubes do futebol europeu, sendo nesta altura um dos poucos activos dos leões que pode sair por uma verba acima dos 20 milhões de euros. 

João Mário, do Sporting, foi eleito pelo Sindicato de Jogadores de Futebol Profissionais o melhor futebolista jovem do mês de Fevereiro, com uma percentagem de 13,72%, repetindo assim o prémio obtido em Janeiro. Na 2ª posição ficou Miguel Silva, guarda-redes do V. Guimarães, enquanto que Iuri Medeiros, extremo emprestado pelo Sporting ao Moreirense, fecha o pódio.

A habitual impaciência dos dirigentes em Portugal - Pepa já não é treinador do Feirense. O técnico de 35 anos deixa a formação de Santa Maria da Feira em quarto lugar da II Liga, embora estivesse somente a um ponto do Famalicão, o último clube em zona de subida nesta altura. No entanto, a série de maus resultados das últimas jornadas (três derrotas em quatro jogos) acabou por ditar esta decisão da direcção.

Não conseguiu impor-se ao mais alto nível, apesar da boa técnica, mas deixa o futebol de uma forma pouco habitual - Adam Johnson, internacional inglês de 28 anos, foi condenado a 6 anos de prisão, na sequência da acusação de assédio sexual de menores de que foi alvo. O extremo, que há um mês foi despedido do Sunderland por causa do processo em causa, acaba assim por ser mais uma figura do desporto rei envolvida neste tipo de casos, embora neste as consequências tenham sido mais gravosas.

Nairo Quintana deixou todos os rivais para trás e é o novo líder da prova - Na 4ª etapa da Volta à Catalunha, Thomas De Gendt, da Lotto Soudal, venceu isolado em Port Ainé, oferecendo a sexta vitória à equipa belga na temporada. Na geral individual, Nairo Quintana e Alberto Contador proporcionaram um belo espectáculo, mas o colombiano conseguiu deixar o homem da Tinkoff para trás no último quilómetro, sendo o novo líder com 8 segundos de vantagem. Contador, que ainda veria Porte (agora é 3º a 17 segundos) roubar-lhe as bonificações, é agora segundo na geral, enquanto que Daniel Martin caiu de primeiro para quarto, estando agora a 24 segundos do colombiano da Movistar. Van Garderen (27'), Bardet (32'), Zakarin (42') , Froome (46'), Hugh Carthy (01:01') e Uran (01:16') completam o top-10.

Etiquetas: , , ,