João Mário diz que Renato Sanches «não é um jogador maldoso»; Debusschere conquista Dwars door Vlaanderen; Daniel Martin vence na Catalunha

João Mário desvalorizou, hoje, o lance no último dérbi Sporting-Benfica entre Bryan Ruiz e Renato Sanches, e até fez questão de defender o médio das águias, destacando que não é um jogador maldoso. "É um excelente jovem jogador. Tem vindo a mostrar isso no Benfica. A entrada sobre o Bryan Ruiz são coisas que acontecem. Não acredito que tenha essa maldade. São coisas que acontecem num jogo, num dérbi. Não é um jogador maldoso, pelo que tenho visto", afirmou o craque do Sporting na conferência de imprensa da seleção.

Van Avermaet foi apanhado a 400 metros da meta; Gaviria desiludiu - Jens Debusschere venceu a Dwars door Vlaanderen, uma das clássicas de preparação para a Volta à Flandres. O antigo campeão belga bateu ao sprint Coquard e Theuns, num final que parecia talhado para Gaviria que, apesar do bom trabalho de Terpstra para apanhar Van Avermaet (que atacou nos últimos 10km tendo sido apenas apanhado a 400 metros da meta), só conseguiu fechar no 10.º lugar.

Sky controlou a etapa mas Froome fraquejou nos últimos Km's; Quintana também perdeu tempo; Já Contador demonstrou força - Daniel Martin venceu a 3.ª etapa da Volta a Catalunha, uma chegada ao alto de Molina, e assumiu a liderança de uma prova que já venceu em 2013. A etapa foi mais pacífica do que se previa, só tendo tido história nos últimos 2km. Depois da Sky ter controlado a etapa Froome atacou mas teve logo resposta de Contador e Zakarin. A seguir foi Quintana a atacar, mas Contador e Zakarin respondiam a tudo. Até que Daniel Martin com um ataque ganhou alguns metros, espaço suficiente para chegar isolado. Contador fez 2.º, tendo Bardet completado o pódio à frente de Van Garderen, Porte, Quintana, Formolo e Zakarin. Já Froome, que depois de ter sido o 1.º a atacar ficou para trás e perdeu vários segundos, foi apenas 9.º.

Etiquetas: