Benfica eliminado pelo Real na Youth League; Merengues foram superiores; Conjunto de Tralhão praticamente nem rematou

Péssima abordagem de João Tralhão. Os encarnados, abdicaram da sua essência (um futebol de posse, que tenta dominar), deram sempre a iniciativa aos merengues e de maneira justa acabaram eliminados. E desta vez nem há a desculpa das ausências, já que o sexteto da frente teve as principais unidades, como Pedro Rodrigues, João Carvalho, Diogo Gonçalves, Sarkic e até o "emprestado" Hildeberto.

Fim do sonho para as jovens águias. O Benfica foi eliminado da Youth League ao perder em Madrid frente ao Real, por 2-0, nos quartos-de-final. Febas e Salto, ambos na 2.ª parte, marcaram os golos dos merengues, num jogo em que o conjunto de Tralhão não teve uma verdadeira oportunidade de golo.  Depois de um 1.º tempo pobre, mas sempre com mais iniciativa do Real, que por duas vezes esteve perto de marcar, 1.º num remate ao poste de Cédres e em cima do intervalo numa situação em que o guardião Fábio Duarte responde com uma grande defesa, na 2.ª parte os anfitriões acentuaram a superioridade e de maneira justa abriram o activo por Febas, já antes tinham visto um golo ser anulado. Pouco depois Pedro Amaral foi expulso e o Real aproveitou para "matar" o jogo, Mayoral ainda atirou ao poste mas passado 2 minutos Salto fechou as contas com o 2-0.

Real Madrid - Foi a única equipa que tentou vencer e juntou a isso um futebol de boa qualidade. Mayoral, apesar de não ter marcado, fez a diferença na frente. Um avançado forte a receber, a esperar pelos apoios e que ainda consegue desequilibrar em acções individuais, Cédres, Febas e Lazo também se destacaram, mas a sensação foi o lateral direito Hakimi, que se fartou de apoiar o ataque com um estilo que faz lembrar Cancelo.

Benfica - Ainda não é desta que os encarnados vencem a competição. Curiosamente este ano, com a excelente geração de 97, até pareciam reunir as condições para isso mas saem sem deixar uma boa imagem. Hoje nem uma oportunidade de golo e na 2.ª parte nem um remate (em todo o jogo só fizeram 1). Tralhão deu a iniciativa ao adversário apostando num futebol de transições, mas a abordagem falhou por completo.

Etiquetas: ,