Simeone irrita-se quando os jogadores engordam; Casillas diz que lhe "faltou 1 metro" no golo de Alan; Benfica no top 5 das equipas com mais vitórias na UEFA

Os encarnados esta época já tem 5 triunfos, em 8 jogos, nas competições europeias.

A vitória do Benfica sobre o Zenit na Rússia, além dos milhões e da passagem para os quartos-de-final da Champions,  permitiu igualmente a entrada no 'top 5' das equipas com mais triunfos em provas da UEFA. O clube da Luz, que já venceu a Taça dos Campeões por duas vezes, já conta com 184 vitórias na UEFA, igualando o Milan no quinto lugar da lista. As únicas equipas com mais triunfos do que o Benfica na UEFA são Real Madrid (285), Barcelona (257), Bayern (233) e Juventus.

No desporto de alta competição todos os pormenores contam - Antoine Griezmann revelou Simeone é muito exigente em relação ao peso seus jogadores e que todos são pesados diariamente. O avançado do Atlético de Madrid salientou ainda que caso um jogador engorde as coisas não vão correr muito bem para o atleta em questão. «Somos pesados todos os dias. Se sobes de peso és visado à frente de todos. Com um quilo a mais Simeone fica muito irritado. Ter peso a mais é algo visível, é como levar uma mochila e ficas mais lento», afirmou o internacional francês, em declarações à Antena 3.

Faz parte (ou foi um erro grave)? - Iker Casillas, do FC Porto, falou hoje sobre a sua saída em falso, aquando do terceiro golo do Sporting de Braga (3-1), considerando que lhe faltou “um metro” no momento ‘fatal’. “Tentei intercetar o passe, mas faltou-me um metro, quando o que queria era lançar um rápido contra-ataque, para que a equipa pudesse empatar o jogo”, disse o guarda-redes, que esteve à conversa com os adeptos em vídeo, através da rede social Facebook. Segundo Casillas, “evidentemente, não foi a melhor decisão” mas admitiu que “tentaria fazer de novo, pois o futebol tem destas coisas”, argumentando que os ‘dragões’ estavam a perder por 2-1, já em período de descontos. O internacional espanhol arriscou uma saída da sua área para tentar cortar um passe para o brasileiro Alan, mas chegou atrasado à bola e o bracarense fez o 3-1 final, desfecho que tornou ainda mais difícil a luta do FC Porto pelo título nacional, agora a seis pontos do líder Benfica. Fonte: Agência Lusa.

Etiquetas: ,