Sporting vendeu Montero por 5 ME; O que dizem os Leitores!

Imagem: Sporting Adeptos
Mais do que as contratações, o último dia de mercado de Inverno no Sporting ficou marcado pela venda de Fredy Montero ao Tianjin Teda, da China, por 5 milhões de euros. O colombiano, que somou 37 golos em duas épocas e meia em Alvalade, tendo sido decisivo na conquista da Taça de Portugal na época passada, apesar de não ser indiscutível estava a garantir muitos pontos esta época, e sem surpresa esta transferência dividiu opiniões entre os sportinguistas e os adeptos que gostam de futebol.

E porque a opinião dos nossos visitantes é muito válida para o Visão de Mercado, e no âmbito na nova rubrica "O que dizem os Leitores", deixamos alguns testemunhos sobre este negócio que, não está (ou não estava) relacionado com a aquisição de Hérnan Barcos, e parece ter sido motivado pela necessidade dos leões em realizar encaixes financeiros, devido à ausência da Champions. 

Zé Barros: "Não acho um bom negócio por parte do Sporting. Montero era, depois de Slimani, o melhor avançado do Sporting e um jogador diferente de Slimani que poderia complementar muito bem o ataque leonino".
Marco Rodrigues: "Continuo sem compreender a resistência tanto de Jorge Jesus, como de Marco Silva e Leonardo Jardim em apostar mais vezes na dupla Montero-Slimani, sobretudo em partidas diante de adversários com menos argumentos. E não falo de apostas no decorrer dos jogos. São jogadores tão diferentes um do outro que acabam por se complementar na perfeição: enquanto Montero oferece a técnica, a magia e a inteligência, Slimani presenteia-nos com uma maior intensidade, um maior sentido de finalização e pelas alturas revela-se uma ameaça para os adversários. Ter os dois em campo significa mais homens em zonas de finalização, significa baralhar aquilo que são as marcações do adversário, sendo que a fluidez do jogo do Sporting sempre que ambos se encontravam simultaneamente no terreno de jogo fala por si. Focando-me no colombiano, lembro-me perfeitamente do seu primeiro jogo oficial de leão ao peito. Estive em Alvalade nessa goleada ao Arouca e mais do que assistir ao hat-trick de Montero, fiquei delirado ao ver a destreza com que tratava a bola e a facilidade em marcar golos. As semanas seguintes foram igualmente promissoras e talvez por isso o seu percurso possa acabar por ser algo subvalorizado, ao depois não manter registos tão elevados. A verdade é que ao juntarmos números e futebol produzido por Freddy Montero, a nota final só pode ser positiva. Aliás, exceção feita ao Grande Liedson, não me lembro de ficar tão triste com a saída de um ponta-de-lança como agora me encontro".
Ricardino Lima: "Juntamente com o Matias Fernandez é dos jogadores em que a sua saída do Sporting realmente me deixou muito triste. Porque é um jogador com uma qualidade ímpar e com atributos que pouco se vêm noutros. Fico com a sensação que foi sempre incompreendido durante a sua estadia em Alvalade, talvez foi vítima do seu próprio sucesso nos primeiros meses no Sporting em jogou a PL, visto que nem sempre actuou na posição onde ele rende melhor que na minha opinião é a de "9 e meio". Nesta época em que pensei que ia mostrar todo o seu futebol com o JJ a jogar com 2 avançados, veio Teo para lhe "roubar" o lugar (na tentativa de rentabilizar a transferência) e penalizado pela sua pouca intensidade que tanto o treinador gosta. É com muita pena minha que o vejo partir o jogador que por mim tinha tudo para entrar na história do Sporting. Só me resta desejar toda sorte do mundo ao Montero e dizer que não vai ser esquecido pelos Sportinguistas e principalmente por mim".
VSN: "Financeiramente é uma boa venda, desportivamente não, a menos que venha um jogador, que à imagem do colombiano, tenha qualidade acima da média para jogar em espaços curto".
Bruno: "Como fã do Fredy estou obviamente triste pela sua saída, é dos jogadores tecnicamente mais evoluídos da nossa Liga, dos avançados do plantel o que melhor trata a bola, um craque. Fico com a sensação que poderia ter jogado e rendido muito mais, mas a falta de intensidade não lhe permitiu brilhar numa equipa de JJ. 5M€ não é nem bom nem mau, preferia claramente a saída do Teo, alguém que é instável e criador de mau ambiente que não se adequa ao Sporting, mas o Sporting precisa de fazer dinheiro. É também difícil de compreender tanta mexida no Líder da Liga, é muita saída e entrada de novos jogadores, e caso o Sporting não acerte em todos eles (algo improvável) fico com a sensação que não saímos nada reforçados deste período de transferências".

Etiquetas: ,