De Jong nos LA Galaxy; FC Porto elimina Benfica na Premier League International Cup; Favoritos entram a vencer no Europeu de Futsal

Enquanto na China se compram jogadores como Ramires ou Jackson, a MLS continua a receber veteranos com salários elevados que já não tinham lugar no futebol Europeu.

A equipa norte-americana LA Galaxy anunciou a contratação de Nigel De Jong, médio que rescindiu esta semana com o AC Milan. Com 81 internacionalizações pela Holanda, tendo marcado presença nos Mundiais de 2010 (finalista vencido) e 2014 (terceiro classificado), o médio, de 31 anos, aumenta assim a experiência de um elenco que já conta com Ashley Cole, Robbie Keane, Gio dos Santos, Jelle Van Damme e Steven Gerrard.

Azuis e brancos foram melhores na 1.ª parte, conjunto da Luz, que revelou uma enorme falta de ideias depois do 1-0, ainda apertou no 2.º tempo mas fez tudo sempre mais com o coração do que com a cabeça - O FC Porto, com um golo de Gleison, aos 34 minutos, eliminou o Benfica (1-0) e carimbou a passagem para as meias-finais da Premier League International Cup. O jovem brasileiro, com um belo remate, depois de uma grande assistência de André Silva, deu expressão ao maior domínio dos portistas no 1.º tempo - sempre mais fortes na pressão e com bola -, num jogo menos espectacular do que se previa. Castro fez alinhar: Gudiño; Rodrigo, Verdasca, Rui Moreira e Víctor García; Omar Govea, João Graça, Francisco Ramos; Gleison, Ismael Díaz e André Silva. Enquanto que Hélder apostou em: A. Ferreira, J. Nunes, Lystcov, Yuri, Hildeberto, F. Ferreira, Pawel, Gilson, Guzzo, J. Carvalho e D. Gonçalves.

O primeiro dia do Euro 2016 de Futsal não trouxe surpresas, com as selecções mais fortes a vencerem as suas partidas -  No encontro inaugural da competição, a Sérvia (a jogar em casa) goleou a Eslovénia por 5-1 (Portugal é a outra equipa deste grupo). Os eslovenos até entraram melhor, chegando à vantagem num lance de bola parada, mas os sérvios subiram de rendimento e conseguiram chegar ao empate (quando a selecção eslovena apostava num 5x4 para manter a bola e evitar a 6.ª falta) através de um livre de 10 metros. No 2.º tempo, a formação da casa confirmou o estatuto, entrando logo com um golo e engordando o resultado à medida que os minutos passavam, conseguindo um triunfo importante devido aos golos marcados (Kocic apontou 2). No outro encontro, a Espanha derrotou a Hungria por 5-2. Ao intervalo os espanhóis já venciam por 3 golos de diferença e na 2.ª parte, apesar da reação dos húngaros, a vitória nunca esteve em questão. Já no segundo jogo do dia, a Rússia teve mais dificuldades, mas conseguiu levar a melhor sobre o Cazaquistão (2-1). Numa 1.ª parte de bom nível, os russos chegaram aos dois golos de vantagem, com Romulo a bisar. Os cazaques reduziram ainda antes do intervalo, após uma jogada típica desta selecção, com o guarda-redes Higuita (o nome diz tudo) a adiantar-se no terreno e a estar directamente ligado ao golo. A 2.ª parte foi mais táctica, com poucas ocasiões de golo, mas de nada valeu o 5x4 do Cazaquistão e a Rússia conseguiu aguentar bem a vantagem. Na segunda partida, a Itália bateu facilmente (a Squadra Azurra dominou) o Azerbeijão por 3-0. Alex Merlim, jogador do Sporting, bisou, tendo Giasson apontado o outro golo.


Etiquetas: , ,