«Jesus pretende que eu seja um 8»; Anderlecht substitui Dínamo na Youth League

Para ser o sucessor de Adrien? O escocês, um dos reforços mais caros na Era Bruno de Carvalho, caiu no esquecimento e esta época, ao contrário do que tinha acontecido com Marco Silva, ainda nem jogou pela equipa principal. 

Ryan Gauld, jovem promessa escocesa que na passada temporada chegou ao Sporting rotulado de ‘mini-Messi’, não desmotiva com a falta de chamadas à equipa principal e, em entrevista ao The Scottish Sun, garante estar “confortável com o processo”, dando até o exemplo do Benfica.  "Os padrões na Segunda Liga são altos, não se deve pensar que é um campeonato de reservas. Por exemplo, o Benfica B tem jogadores como Adel Taarabt, e o antigo guarda-redes da seleção portuguesa, Quim, joga no Aves. Há outros nomes conhecidos espalhados pelas equipas, como o antigo médio do Hearts, Bruno Aguiar. É um campeonato muito competitivo, com jogadores que se querem afirmar e outros já experientes que conhecem bem o futebol», afirmou ao The Sun. Quanto ao futuro, o jovem médio revelou que o Jorge Jesus pediu que jogasse numa posição diferente daquela que estava habituado a fazer, garantindo, no entanto, que se sente confortável e que toda esta situação faz parte do processo. "Tenho jogado naquela que chamam aqui de posição 8. Jorge Jesus estabeleceu com o meu treinador que essa era a melhor posição para mim. Estava habituado a ser um criativo, mas agora tenho mais responsabilidades defensivas. É um papel "box to box"», disse, acrescentando: "Se não sentisse que estava a evoluir, então ficava preocupado. Mas estou. Estou confortável. Sei onde estou e onde quero chegar, faz tudo parte do caminho. Nunca seria chegar aqui e entrar diretamente na equipa principal. O Sporting vê-me como um jogador da primeira equipa. Quando falámos pela primeira vez, o plano era chegar, adaptar-me e eventualmente chegar a ser um dos jogadores principais, mas isso leva tempo. Vou continuar a trabalhar muito na equipa B e agarrar a oportunidade quando esta chegar".

Os belgas, que o ano passado foram às meias-finais e esta época eram (são) uns dos principais favoritos, até tinham vindo a público pedir ao organismo que tutela o futebol europeu para não punir a equipa croata porque consideraram que o adversário tinha ganho legitimamente em campo, mas - A UEFA desqualificou o Dínamo Zagreb da Youth League de futebol, entrando em substituição nos quartos de final o Anderlecht, face à utilização irregular do médio Matija Fintic. A equipa croata venceu nos oitavos de final fora o Anderlecht por 2-0, mas incorreu na irregularidade de utilizar Fintic, jogador que entrou aos 83 minutos quando a sua equipa já vencia por dois golos, mas estava impedido, devido a três amarelos na fase de grupos. O Anderlecht não entendeu apresentar queixa, mas ainda assim a UEFA decidiu instaurar o processo. Com esta decisão serão os belgas a receberem o FC Barcelona nos quartos de final da competição.

Etiquetas: