Jonas supera Renato Sanches e Slimani em Janeiro; Cristiano Ronaldo: "Penalti de Messi? Sei a razão, mas não digo mais nada"; Vítor Pereira em vantagem

Justo?

Jonas, do Benfica, foi eleito o melhor jogador do mês de Janeiro, informou hoje a Liga. O avançado brasileiro, com 22.46% dos votos, levou a melhor sobre Renato Sanches (13.32%) e Islam Slimani (10.89%). Na II Liga, Pedrinho médio do Freamunde, levou a melhor sobre Gleison do FC Porto B (7.73%) e Hugo Firmino do Oriental (4.56%).

Em Espanha o lance não está a ser consensual, já que muitos consideram que foi uma falta de respeito pelo adversário - É o assunto do momento, Messi bateu um penalti “à Cruyff”, tendo Suárez convertido no 2.º toque, na goleada do Barcelona ao Celta Vigo, e o lance correu o Mundo. Uns consideraram uma maravilha, outros criticaram. Hoje, também Ronaldo, na antevisão da partida com a Roma, se pronunciou sobre o penalti, mas com uma indirecta: "Penalti de Messi? Sei por que o fez, mas não digo mais nada. Pensem o que quiserem", disse o avançado português do Real Madrid.

Resultado positivo para o conjunto de Vítor Pereira, que até poderia ter sido mais dilatado, num encontro em que Nani e Bruno Alves foram titulares e onde o ex FC Porto Souza decidiu com dois golos - No primeiro jogo dos 16 avos de final da Liga Europa, excepcionalmente à terça-feira, o Fenerbahçe recebeu e bateu o Lokomotiv de Moscovo, adversário do Sporting na fase de grupos, por 2-0. Numa partida de sentido único, a formação turca chegou à vantagem ao minuto 18, num lance onde Souza respondeu com um bom cabeceamento ao cruzamento certeiro de Gokhan Gonul. O outro tento viria a ser marcado igualmente pelo médio brasileiro, após cruzamento do outro lateral, Caner Erkin. Numa equipa que usa e abusa dos cruzamentos, destaque para o desempenho de ambos os laterais, que conseguiram cruzar uma série de bolas com qualidade (sobretudo Erkin), bem como para as exibições dos médios Souza (dois golos) e Ozan Tufan (fundamental na pressão e no equilíbrio do meio-campo) e do ala Volken Sen. Por outro lado, Bruno Alves limpou tudo no eixo defensivo, Fabiano (guarda-redes cedido pelo FC Porto) revelou insegurança em alguns momentos, mas não teve grande trabalho e, por fim, Nani e Van Persie (que saiu chateado na 2ª parte) foram os menos inspirados. Do lado russo, Manuel Fernandes é claramente o motor da equipa, sendo, juntamente com Samedov, o jogador com maior qualidade técnica e capacidade para desequilibrar o adversário. No entanto, os moscovitas realizaram uma partida pobre (a saída de Niasse, jogador do ano na Rússia em 2015, fez mossa, já que era preponderante no modelo de jogo), onde apenas chegaram perto da baliza do conjunto da casa em duas ocasiões (remate de fora da área de Skuletic e um cabeceamento ao lado de Samedov).

Etiquetas: