«É como o Patrick Vieira, só que é esquerdino»; James aufere 7,7 ME; Westbrook bisa no massacre de Oeste

Um dos mistérios da época, mas este impacto do ex-FC Porto em Inglaterra não surpreende.

Bastaram 2 jogos na Premier League para que todos ficassem rendidos à qualidade de Giannelli Imbula, médio francês que trocou o FC Porto pelo Stoke na última janela do mercado de transferência. O médio foi bastante elogiado pelo treinador Mark Hughes e agora foi a vez de Xerdan Shaqiri demonstrar o seu apreço pela capacidade do francês. «Penso que podemos compará-lo a Patrick Vieira, a diferença é que Imbula é esquerdino. Todos viram a qualidade dele em campo. Precisa de jogar mais para conhecer melhor os outros elementos da equipa mas foi fantástico vê-lo marcar aquele primeiro golo pelo Stoke City», disse o internacional suíço em declarações ao Telegraph. «É muito calmo nos treinos mas tem a capacidade para fazer passes seguros durante todo um jogo, isso é muito importante no meio-campo. Além disso é incrivelmente forte tecnicamente e é decisivo na ligação entre o ataque e a defesa», acrescentou.

Justo? Por exemplo Kroos aufere 10,9 ME - Apesar de Jorge Mendes, segundo a imprensa espanhola, até ter recorrido a uma empresa de espionagem para evitar estas divulgações, o Football Leaks voltou a partilhar informação do Real Madrid, mais concretamente o contrato de James Rodrígues. De acordo com o documento, o internacional colombiano, contratado ao Mónaco no verão de 2014, recebeu 7.009.930 de euros brutos no primeiro ano no Real Madrid, valor que subiu automaticamente para 7.759.380 euros anuais na presente temporada, e que, salvo qualquer alteração, manter-se-á em vigor até ao final do vínculo entre as partes, válido até 2020.

Desde 1958-59 que ninguém vencia o MVP de maneira consecutiva - Num jogo com 368 pontos, o Oeste (que bateu o recorde de pontos) derrotou o Este, por 196-173, no All-Star Game, conseguindo assim o 2.º triunfo consecutivo e o 5.º nos últimos 6 anos. No duelo que marcou o adeus de Kobe (15.ª vez seguida titular e o único com 18 presenças) a este evento que junta as principais estrelas da NBA, voltou a brilhar Westbrook, que com 31 pontos foi eleito segundo ano consecutivo o jogador mais valioso (MVP) do "All Star", acrescentando à estatística pessoal mais oito ressaltos e cinco assistências. Stephen Curry contribuiu com 26 pontos, Davis, 24, Durant e Harden 23 cada 1, tendo Chris Paul ajudado com 16 assistências. No Este, LeBron desiludiu ao apontar apenas 13 pontos, mas Paul George, com 41 pontos ficou a apenas um ponto de igualar a marca individual de Wilt Chamberlain, que continua a ser o jogador com mais pontos num jogo do "All Star".

Etiquetas: , ,