Bate-Boca entre o treinador do Arouca e do Sp. Braga; Fonseca diz que se parte a rir, Lito recorda o Sporting; El Shaarawy em grande; Milan também vence; Hattrick de Bonatini no triunfo do Estoril

Lito Vidigal tinha referido durante a semana que o Sp. Braga estava a realizar uma época inferior a 2014-15 e hoje teve a resposta de Paulo Fonseca. «O Lito diverte-me sempre imenso. Eu confesso que vejo sempre tudo relacionado com o Arouca para ver tudo o que ele diz. Repare, dou-lhe vários exemplos: ri-me imenso quando, no jogo da primeira volta, ele disse que o Braga lutava para ser campeão; depois, ri-me imenso no jogo aqui em Arouca contra o Sporting, em que ele protagoniza, provavelmente, o momento da época; a seguir, ri-me imenso quando, na projeção a este jogo, ele diz que estamos áquem das expectativas. Mas sabe quando me rio mais? Quando ele diz que a equipa dele é arrojada. Aí, eu parto-me a rir. No meio de tantos treinadores, tem que haver um destes. É como na escola, há sempre o engraçadinho da turma. Neste caso, o Lito é o engraçadinho da nossa classe», declarou o técnico do Sp. Braga no final do empate a 0 com o Arouca. O que mereceu mais uma achega de Lito Vidigal: «Tento não ser deselegante com colegas de profissão, mas somos acusados injustamente de sermos uma equipa defensiva. Vi o SC Braga a fazer anti-jogo com o Sion e hoje também. Com o Sporting, em Alvalade, a ganhar 2-0 ao intervalo, acagaçou-se e acabou por perder o jogo. Alguns colegas dizem coisas injustas, porque subiram a um palanque com alguma altura…»

O Faraó tem 4 golos em 5 jogos na Série A; Milan não perde desde 6 de Janeiro - Com um bis de Stephan El Shaarawy (o 1.º foi um golaço) a Roma venceu fora o Empoli, por 3-1, e subiu, à condição, ao 3.º lugar no campeonato. Pjanic marcou o outro golo dos romanos num jogo em que o português Mário Rui foi expulso já nos descontos; Na outra partida desta 27.ª jornada, o Milan agravou a crise do Torino (apenas duas vitórias em 2016) ao vencer, por 1-0. Antonelli, em cima do intervalo, deixou os rossoneri mais perto dos lugares europeus.

Bonatini ainda desperdiçou um penalti; Venâncio esteve desastrado na defesa e ainda perdeu a cabeça no descontos - O Estoril chegou aos 30 pontos (que na teoria garantem a permanência) ao derrotar o Vit. Setúbal, por 3-0. Bonatini, com um hattrick, foi a grande figura do jogo. O avançado brasileiro ainda teve a oportunidade de fazer o 4-0 mas permitiu a defesa a Ricardo numa grande penalidade. Além de Bonatini, também Gerso e Mattheus estiveram em bom plano nos estorilistas. Já o Vitória, que equilibrou o jogo, pecou pelos erros defensivos e ineficácia na frente (duas bolas nos postes e várias oportunidades), numa partida que terminou com a expulsão de Venâncio, que agrediu Michael Morais numa bola parada.

Etiquetas: , , ,