Ronaldo bisa em mais uma goleada do Real; Matheus interrompe ciclo negativo do Sporting B; Guzzo no empate do Benfica B; FC Porto B perde

Ronaldo já é o líder dos goleadores (21 golos) na La Liga, e ainda somou uma assistência; Primeira parte "à Real Madrid", com muitas ocasiões de golo para ambas as equipas, com a eficácia Merengue a fazer a diferença (o golo de Kroos em cima do intervalo foi um golpe duro nos Bascos). Destaque para a produção goleadora de Zidane em casa (20 golos em 4 jogos), para o bom jogo de Cristiano (e desta feita frente a um conjunto da parte alta da tabela) e para Aduriz, que voltou a mostrar-se a Del Bosque (deu imenso trabalho à defesa Madridista)

Mais um jogo em casa, mais uma goleada para o Real de Zidane. Os merengues, com um bis de Ronaldo, deram sequência ao bom momento, e bateram o Athletic Bilbao, por 4-2, colocando assim pressão nos rivais. Logo aos 2 minutos Benzema solicita a desmarcação de Cristiano Ronaldo e o Português corta para dentro, tira um adversário do caminho e remata de pé direito sem hipótese para Iraizoz. No entanto, apesar do bom começo, o Real complicou as coisas pouco depois, numa asneira de Varane, que atrasou mal para Keylor, com o guarda-redes da Costa Rica a ainda conseguir desviar a bola mas com esta a ir para aos pés de Eraso, que fez o empate. Os Bascos aproveitaram a embalagem e logo a seguir Aduriz ganha nas alturas e só não faz a reviravolta no marcador porque Keylor fez uma óptima defesa. O jogo estava muito agitado e aos 23’ foi Danilo a obrigar Iraizoz a uma grande intervenção, sendo que na resposta os Bascos estiveram novamente perto do golo, com Aduriz a antecipar-se a Ramos e a atirar à barra. Até que na parte final do primeiro tempo a superioridade Merengue veio ao de cima, com James a fazer o 2-1 aos 37’, num excelente remate de fora da área, e depois, em cima do intervalo, com Kroos, a passe de Ronaldo, a fazer o 3-1. No segundo tempo, o jogo esteve mais calmo, com o Real a proteger-se melhor para gerir o tempo e o marcador, resultando isso na existência de menos ocasiões de golo. O encontro ficou mais agitado na parte final, primeiro com Varane a ser expulso aos 83’, e depois com Ronaldo a bisar aos 87’ (bom cruzamento de Lucas Vazquez e o Português controlou no peito e fez o seu segundo da tarde) e, finalmente, com Eraso, de cabeça, a fixar o resultado final em cima dos 90’.

Aves e Famalicão em grande vão-se aproximando da subida; Chaves vence rival e aproxima-se do FC Porto B; Sporting B (depois de 8 jogos a somar deslizes) volta às vitórias (Matheus Pereira marcou); Benfica B volta a escorregar - O Famalicão continua a realizar uma segunda volta fantástica e foi vencer ao terreno do FC Porto B (com André Silva a titular) por 2-1, estando agora a 3 pontos da zona de subida. O avançado Leandro foi a grande figura do encontro e bisou, tendo Ismael Díaz feito o golo dos dragões. Ainda assim, os azuis e brancos mantêm-se na liderança, apesar de o Chaves (1-0 frente ao Freamunde, que também luta pela promoção) se ter colocado a 2 pontos. O Aves (1-0 sobre o Olhanense) e o Gil Vicente, que escorregou na recepção ao Santa Clara (2-2), seguem igualmente em excelente posição para lutar pelo regresso à primeira divisão. No fundo da tabela, destaque para a vitória do Mafra (1-0 sobre o Braga B) e para a derrota do Oriental em Alcochete, frente a um Sporting B que conseguiu dar um pontapé na crise, depois de 8 jogos sem vencer. A equipa de João de Deus viu-se reduzida a 10 elementos ainda na primeira parte, por expulsão de Dramé, mas na segunda parte chegou aos 3-0, com Matheus Pereira, que voltou ao escalão secundário, a bisar. Tobias também foi utilizado para ganhar ritmo. Já o Benfica B mantém-se na zona de descida, não tendo conseguido mais do que uma igualdade a 2 no terreno do Académico de Viseu. Ekedi 20' e Kiko 53', marcaram para os anfitriões; Saponjic 35' e Pedro Rodrigues 56' para as águias, que contaram com Guzzo no 11.

Etiquetas: ,