OFICIAL: FC Porto não chegou a acordo com Lopetegui; Rescisão unilateral

Já tínhamos realçado que o espanhol pretendia receber tudo, até por competições que não venceu como o campeonato, Taça da Liga ou Taça de Portugal, não surpreendo por isso este desfecho, muito menos que esta saída a mal do ex-seleccionador dos sub-21 da La Roja tenha consequências no futuro. Quanto ao sucessor, ontem, em 1.ª mão, demos conta dos objectivos de Pinto da Costa, e podemos igualmente acrescentar que o líder portista, sem sucesso, tentou também Marco Silva, o que significa que este processo poderá estar longe de estar fechado, já que parece haver uma tentativa de explorar várias opções. 

Tudo menos amigável. O FC Porto comunicou à CMVM que rescindiu unilateralmente o contrato com o treinador Julen Lopetegui. "Na sequência da comunicação ao mercado efectuada no dia 8 de Janeiro, a Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD vem esclarecer que, não tendo sido possível chegar a um acordo com o treinador Julen Lopetegui, rescindiu unilateralmente o seu contrato de trabalho desportivo", pode ler-se no comunicado. Além da rescisão unilateral com Lopetegui o dragões adiantam que: "Não existe, à data, qualquer negociação tendo em vista a contratação de um treinador para a equipa profissional de futebol A".

Etiquetas: