«Suk não tem dimensão para o FC Porto»; Palace devolve avançado ao Chelsea; Ryan Donk reforça Galatasaray; Lafita no Al Jazira; Ex-Barça no Hapoel

Concorda com o ex-goleador dos dragões? 

Suk está a ser um dos principais destaques da Liga 2015-16. O coreano é o actual 3.º melhor marcador do campeonato, e as suas exibições tem contribuído para a excelente época do Vit. Setúbal. E como 1+1 são 2, sem surpresa o seu nome nas últimas semanas tem sido associado a FC Porto e Sporting. No entanto, no que diz respeito aos azuis e brancos, Domingos Paciência, antigo treinador dos Sadinos e referência dos portistas, considera que não é a melhor opção. «Na minha opinião não tem dimensão para o FC Porto, tem as suas qualidades mas não as qualidades para a dimensão de um clube como o Porto. É um bom profissional, mas quanto a mim não reúne as qualidades de um ponta de lança para o Porto. No mercado interno não vejo quem, nesta altura, pode servir os interesses da equipa e acho que a primeira opção será um estrangeiro», disse o treinador português, em entrevista à Antena 1.

Pode ser útil a Hiddink? Após ter sido uma das principais figuras da passada edição do Championship, pouco jogou pelo Crystal Palace na primeira metade da época - Patrick Bamford, jovem avançado Inglês de 22 anos, está de regresso ao Chelsea. Bamford havia sido emprestado pelos Blues ao Crystal Palace mas alinhou apenas em 6 jogos na PL, o que levou ao seu regresso a Stamford Bridge.

Junta-se a um elenco que já conta com Thiago Neves, Vucinic e Farfán - Ángel Lafita deixou o Getafe e assinou pelo Al Jazira Club, dos EAU. O extremo/médio ofensivo, de 31 anos, deu sempre ideia que tinha talento mais do que suficiente para se destacar ao mais alto nível mas os anos foram passando e nunca deu o "salto" para outro patamar.

Há uns anos chegou a ser associado ao Sporting - O Galatasaray oficializou a aquisição de Ryan Donk, central de 29 anos. O holandês assinou por 2 anos e meio numa transferência que rendeu 3,75 milhões de euros ao Kasimpasa.

Muito falado durante a formação, mas perdeu uma época inteira quando tinha 18 anos e, apesar de ter sido lançado na equipa principal do Barça por Guardiola, nunca se conseguiu afirmar como sénior - Gai Assulin vinculou-se por ano e meio ao Hapoel Tel Aviv. O extremo/avançado, de 24 anos, que passou pelo Barcelona e Man City estava sem clube desde que rescindiu com o Maiorca no último Verão.

Etiquetas: , ,