Real e Atlético impedidos de contratar no Verão de 2016 e em Janeiro de 2017

E do nada merengues e colchoneros podem ser os principais animadores deste mercado de Inverno. Não que as equipas tenham a necessidade clara de reforços, mas ficar um ano e meio sem ir ao mercado pode condicionar uma temporada. Veremos é se vão ter a mesma astúcia que o Barcelona, que apesar das criticas a Zubizarreta, lidou bem com esta situação, e com uma aposta forte no Verão de  2014 montou uma super-equipa. Por outro lado, esta sanção deve implicar a permanência de Ronaldo em Madrid, o que não era de todo um dado adquirido. 

O Real e o Atlético de Madrid foram impedidos pela FIFA de inscrever jogadores nas duas próximas janelas de mercado, a do próximo Verão e a de Janeiro de 2017. Em causa está a contratação de futebolistas em idade menor, algo que também já tinha motivado um castigo ao Barcelona, que foi impedido de contratar jogadores durante o mesmo período. Os dois clubes estavam sob investigação há mais de um ano e, concluído o processo, a documentação reunida junto da Federação Espanhola foi entregue ao Comité de Disciplina, liderado pelo suíço Claudio Sulser, que tomou a decisão de castigar Real e Atlético. A punição fica a dever-se a violação dos artigos 5, 9, 19 e 19b, além dos anexos 2 e 3, sobre regulamentação relativa a transferência de jogadores, o qual proíbe contratações abaixo dos 18 anos, salvo determinadas excepções. Além do castigo, o Atlético Madrid irá pagar multa de 900 mil francos suíços, enquanto o Real Madrid terá de desembolsar 360 mil francos suíços.


Etiquetas: ,