Boeck renova; Aubameyang sucede a Yaya; Marítimo contrata ex-Liverpool

Eleição justa, que premeia um jogador que se sabia ser de qualidade mas que no último ano deu um importante salto, deixando de ser só um "Sprinter" para se assumir definitivamente como jogador de corredor central, com registos goleadores fantásticos (esta temporada já marcou 27 golos). 

Fica assim quebrada uma série 4 vitórias seguidas de Yaya, o que constitui um recorde. Pierre-Emerick Aubameyang venceu o prémio de jogador Africano do ano. O jogador do Borussia Dortmund obteve 143 pontos na votação promovida pela Confederação Africana de Futebol, batendo o anterior detentor da distinção Yaya Touré, que se ficou pelos 136. Em terceiro lugar ficou André Ayew, com 112 pontos, tendo o Selecionador da Costa do Marfim, Herve Renard, sido considerado o treinador do ano.

Uma renovação que se justifica apenas pelo peso que o ex-Marítimo tem no balneário, já que desportivamente o Brasileiro tem apresentado um nível sofrível sempre que é chamado a defender as redes Leoninas - O Sporting anunciou a renovação do contrato de Marcelo Boeck até 2018 mais uma época de opção. O guarda-redes, nos leões desde 2011, fica com uma cláusula de rescisão de 45 Milhões de Euros.

Os insulares necessitavam de um substituto para Danilo Pereira, que permita que Fransérgio e Alex Soares tenham mais "liberdade" - Damien Plessis foi hoje oficializado como reforço do Marítimo. O médio francês, de 27 anos, veio do Châteauroux, 13.º classificado do Campeonato Nacional francês (terceiro escalão), mas já passou pelo Liverpool, onde participou em 8 jogos, e pelo Panathinaikos. Durante a formação, nos tempos do Lyon, ganhou muito destaque, tendo integrado os escalões jovens da selecção da França até aos sub-21.


Etiquetas: ,