Lopetegui: «O final no Porto foi incompreensível»; Guzzo regressa ao Benfica

Julen Lopetegui concedeu uma entrevista à Eurosport de Espanha e falou sobre a sua experiência no FC Porto, admitindo que não esperava deixar dos dragões da maneira como saiu do clube. "Há dois anos demos o passo de ir para Portugal e a experiência foi maravilhosa, muito enriquecedor, embora o final tenha sido incompreensível. Estávamos a fazer um bom trabalho e a equipa tinha hipóteses em três competições: Taça, Liga e Liga Europa." Acrescentando que: "Perdemos potencial, mas se tens jogadores inteligentes, que entendem o que os rodeia e as decisões da equipa técnica, é mais fácil reconstruir", observou. Sobre o estilo de jogo que gosta de adoptar, o treinador espanhol sublinhou que a posse de bola é "um meio e não um objetivo". "Ter posse de bola não te garante a vitória. Gosto de ter a iniciativa, de ter a bola, de arriscar, de entender o jogo e de interagir em função do que faz o rival. Tens de saber responder aos desafios. A posse de bola não é um objetivo, é um meio. Trata-se de ganhar jogos, não de ficar com a bola."

Para ajudar a equipa B na fuga à despromoção (ou de maneira a colocar outro elemento no conjunto de Petit)? Na teoria este regresso faz pouco sentido, o médio estava a ser titular, a evoluir e no plantel principal das águias vai continuar tapado - Raphael Guzzo está de regresso ao Benfica depois do clube da Luz ter chegado a acordo com o Tondela para finalizar o período de empréstimo do médio, segundo informação no sítio oficial do último classificado da I Liga. Nos Beirões o internacional sub-21 por Portugal participou em 17 jogos tendo si titular em 3 dos 4 últimos jogos sob o comando de Petit.

Etiquetas: