Para Peseiro, Casillas já em 2014 não devia ser titular; Antalyaspor garante médio do Barcelona; Luiz Adriano foi à China e voltou

Fredy Guarín (Inter) e Gervinho (AS Roma) também estão a ser apontados ao clube chinês. E no Brasil esta noticia parece ter sido uma espécie de alerta, com a imprensa a salientar que na China não é tudo um mar de rosas.

Foi dado como certo, o avançado chegou mesmo a tirar fotos com o cachecol do clube, mas Luiz Adriano, pelo menos por enquanto, já não vai para o futebol chinês, depois do acordo com o Jiangsu Suning ter sido cancelado. De acordo com o internacional pelo Brasil o clube chinês não cumpriu com o que tinha prometido, já na China dão conta que o jogador do Milan exigiu mais dinheiro do que estava falado. A única certeza é que Luiz Adriano, que esteve no país asiático nos últimos dias, já regressou a Milão e volta a ser opção para os rossoneri, que assim também deixam de encaixar 14 milhões de euros.

O espanhol vai continuar a ter o estatuto de titular? - Em outubro de 2014, em declarações ao jornal A Bola, numa altura em que Espanha se discutia se Iker Casillas deveria ou não ser o titular no Real Madrid, José Peseiro, o novo treinador do FC Porto, deu uma opinião nada favorável sobre o guardião, que agora vai reencontrar depois de ambos se terem cruzado em Madrid (2003/04). "Veremos por quanto tempo continua a ser titular na baliza do Real Madrid. Não se pode trocar de guarda-redes todas as semanas, mas nenhum treinador consegue aguentar um guarda-redes que esteja constantemente a dar erros. O fim de Casillas está próximo", disse na altura o novo timoneiro dos dragões.

Era o melhor jogador dos catalães na época passada na Youth League, o que também não é  um grande feito já que essa equipa era algo banal (longe vão os tempos em que o Barça tinha a melhor formação do Mundo) - O médio Lionel Enguene, de 20 anos, deixou o Barcelona e vinculou-se ao Antalyaspor, da Turquia, até 2019. O jogador dos Camarões, que tinha o estatuto de estrela na formação, junta-se assim a outros elementos promissores, ou pelo menos com esse estatuto, como Grimaldo, Ondoa, Bagnak ou Babunski, que deixaram o Barça neste mercado de Inverno.

Etiquetas: ,