Fora do Radar: Sébastien Haller

O futebol não acontece só na Premier League e na La Liga, não passa só por Old Trafford e Camp Nou. Fora do Radar é uma rubrica com o objectivo de dar a conhecer jogadores do futebol mundial, independentemente da idade, que passam despercebidos ao adepto comum.

A qualidade dos pontas-de-lança que actuam no campeonato holandês deixa sempre muitas dúvidas. Marcar golos numa liga em que os comportamentos defensivos são tão fracos está ao alcance de muitos, e o passado recente tem-nos demonstrado que nem sempre os goleadores da Eredivisie conseguem ter sucesso noutro patamar competitivo. Mas Sébastien Haller é um daqueles avançados que, mais do que pelos golos, se destaca pela qualidade do seu jogo. O jovem francês de 21 anos tem impressionado no Utrecht e já merece comparações com Thierry Henry. Apesar de ainda ter de caminhar muito para chegar ao nível do compatriota, assemelha-se ao antigo craque do Arsenal pela destreza, pela capacidade nos espaços curtos, pela forma inteligente como se movimenta e pelo instinto que revela na grande área. A mobilidade que apresenta, apesar de ter 1,87m, é um dos pontos fortes do seu jogo, sendo capaz de cair nos flancos e abrir espaços. No clube holandês tem jogado maioritariamente com outro avançado ao lado, mas também pode actuar como referência ofensiva, conseguindo impor-se fisicamente e fazer a diferença no jogo aéreo, aspecto em que é muito acima da média. O registo de 11 golos em 16 jogos coloca-o como o terceiro melhor marcador do campeonato, apenas atrás de nomes consagrados como Dirk Kuyt e Luuk de Jong. Será com naturalidade que chegará ao patamar dos 20 golos (ou perto disso), ganhando ainda mais cotação em termos internacionais. Formado no Auxerre e internacional sub-21 pela França, Haller tomou uma escolha acertada para a carreira e mudou-se para um campeonato onde as suas características saem beneficiadas. Agora que já mostrou potencial para outros voos, resta saber se conseguirá perseguir uma carreira parecida com a de Henry ou se será apenas mais um que só tem uma boa relação com as redes na Holanda.

Etiquetas: