«Estou convicto que, se ganharmos todos os jogos, seremos campeões»; Mónaco empresta ex-Braga e mais 2 ao Varzim (ex-Sporting também reforça equipa de Capucho); Juventus consegue 8.ª vitória consecutiva mas continua atrás de Inter, Fiorentina e Nápoles; Messi bisa; Valencia goleia; Everton ganha vantagem

A bola está do lado de Pinto da Costa. Parece claro que o espanhol por sua iniciativa não se vai demitir, sendo certo que, apesar do deslize de hoje, mantém o trunfo de continuar em 4 frentes, apesar de em duas já não depender de si.

O FC Porto somou o 3.º desaire consecutivo, mas Lopetegui, apesar da contestação dos adeptos, considera ter condições para continuar. "O responsável sou eu, assumo-o sobretudo nos momentos menos bons. Agora, é ter a energia suficiente para preparar a partida seguinte. Tenho muito respeito pelo clube, pelos adeptos e pelo presidente. E este sabe que não tem nenhum problema comigo. Sou treinador para superar estes momentos. Levantar-me-ei com mais força", disse o espanhol depois do empate com o Rio Ave. "Pretendo continuar. Estamos a quatro pontos [da liderança], nada está perdido e temos todas as possibilidades para chegar ao objetivo. E vou lutar com todas as minhas forças, dando a volta para que essa insatisfação se transforme em satisfação. Estamos tão tristes ou mais do que os adeptos. Sabemos que só nós podemos dar a volta. Estamos a tempo, estamos no final da primeira volta. Quero conseguir que a equipa jogue melhor, com menos erros e mais definição. Assumo a responsabilidade como treinador, mesmo depois de 24 remates à baliza. Temos de passar a fazer 34 e temos que melhorar o aspeto de sofrer golos quando estamos a atacar e a controlar a partida. É um momento complicado. Já tive vários. Estivemos, na época passada, a esta distância e a equipa lutou até ao final. Temos de lutar sem olhar para o outro lado. Há que melhorar e ter a força para melhorar. Estou convicto que, se ganharmos todos os jogos, seremos campeões. Todos vão perder pontos. Tem sido uma liga muito equilibrada", acrescentou.

Gil foi sempre um dos principais talentos dos escalões de formação em Portugal, principalmente nos juniores - Gil Dias, extremo português, de 19 anos que alinhou nas camadas jovens do Braga, Anthony de Freitas, médio francês, de 21 anos, e Tafsir Chérif, avançado, de 20 anos, da Guiné Conacri, foram emprestados pelo Mónaco ao Varzim. Também Wilson Manafá, avançado formado no Sporting, que estava no Anadia, é reforço da equipa de Capucho.

Inter continua com mais 1 ponto que Fiorentina e Nápoles e mais 3 que a Juve, mas a Roma voltou a ceder pontos e já está a 6 da liderança; Já o Milan corre o risco de voltar a ficar de fora da Europa - O Inter de Milão manteve a liderança na Série A, graças a nova vitória por 1-0, desta feita na deslocação ao terreno do Empoli (com Mário Rui em campo os 90 minutos). O único golo da partida foi apontado por Icardi em cima do intervalo. A dividir o segundo posto, a um ponto da equipa de Mancini, continuam Nápoles e Fiorentina. Os Viola foram à Sicília derrotar o Palermo por 3-1 (Ilicic bisou - dois excelentes golos - Gilardino ainda reduziu, mas Kuba fez o resultado final), ao passo que o conjunto do Sul de Itália recebeu e bateu o Torino por 2-1, num encontro em que todos os golos surgiram no primeiro tempo (Insigne, com um belo chapéu, abriu o marcador, Quagliarela empatou de penalty e Hamsik, num remate de ângulo apertado, deu a vitória aos homens de Sarri). Já a Juve, que conseguiu a 8.ª vitória consecutiva, permanece no quarto posto, tendo vencido facilmente o Verona por 3-0. Dybala marcou o primeiro de livre, Bonucci ampliou com uma cabeçada portentosa e Zaza fez o terceiro. Quem agravou a crise foi a Roma, que empatou a 3 em casa do Chievo, sendo que o Milan também vai de mal a pior, estando em sétimo, a 5 pontos da Europa, fruto da derrota frente ao Bologna, em casa, por 1-0 (marcou Giaccherini). Nos outro jogos, a Lazio empatou a zero com o Carpi, Sassuolo e Frosinone empataram a 2 e a Udinese bateu a Atalanta por 2-1.

Barça, Valencia e Sevilha com um pé nos quartos-de-final - O Barcelona, numa noite marcada pelas estreias de Arda e Vidal, até começou a perder, na 1.ª mão dos oitavos de final da Taça do Rei frente ao Espanhol mas acabou a golear por 4-1. Lionel Messi esteve em evidência com 2 golos e duas assistências (a segunda é uma obra de arte), enquanto que Piqué e Neymar também inscreveram os seus nomes da lista de marcadores. O Valencia também deu 4 diante no Granada, com hat-trick de Negredo e um golo de Rodrigo, naquela que foi a 2.ª vitória de Neville pelos Che. O Sevilha conquistou uma importante vitória em casa do rival Bétis (0-2), com tentos de Krohn-Dehli e Krychowiak, já o Atl. Madrid não foi além de um empate a 1 em Vallecas frente ao Rayo (marcaram Nacho Martínez e Saúl Ñíguez). No outro duelo entre clubes da La Liga, o Ahtletic Bilbao derrotou o Villarreal por 3-2, tendo consumado a reviravolta na segunda parte, depois de estar a perder por 2 ao intervalo. Espaço ainda para o empate a 1 entre Mirandés (o outsider da prova) e Depor, com golos de Ortiz e Lopo, respetivamente.

Na outra meia-final o Liverpool tinha derrotado ontem o Stoke - O Everton ganhou vantagem na Taça da Liga Inglesa ao bater o Man City, por 2-1, na 1.ª mão das semi-finais. Os Toffees foram os primeiros a marcar, com um golo de Funes Mori em cima do intervalo. Na 2.ª parte os Citizens reagiram, chegaram ao empate através de Navas (após um contra-ataque), mas viram a igualdade ser desfeita dois minutos depois por um cabeceamento do inevitável Lukaku.


Etiquetas: , , , , ,